Procurando emprego

17 informações desnecessárias para se colocar no currículo

Os analistas de RH recebem dezenas – às vezes centenas – de currículos em processos seletivos

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Durante épocas de contratação, os analistas de RH recebem muitos currículos de pessoas interessas em arranjar um novo emprego. Por conta disso, eles gastam, aproximadamente, seis segundos para eliminar ou aceitar os CVs entregues.

Você pode ser perfeito para o trabalho, mas se o seu currículo tiver apenas um erro de digitação, estiver mal formatado ou se você usar a fonte errada, ele pode facilmente acabar na pilha do “não”.

O Business Insider listou 17 informações que são desnecessárias para o seu currículo. Confira:

PUBLICIDADE

1- Objetivo
Se você está enviando um currículo, é óbvio que quer o trabalho. Logo, não é preciso escrever quais são os seus objetivos no currículo. A única exceção é se você quiser mudar de área, neste caso pode ser útil incluir um breve resumo. 

2- Experiências de trabalho irrelevante
Sim, você pode ter sido o “Rei do Milkshake” no restaurante que você trabalhou durante a época de faculdade. Mas, a menos que você queira resgatar esse título, é melhor não colocar esse tipo de informação no currículo.

3- Coisas pessoais
Não inclua o seu estado civil, preferência religiosa ou números de documentos. Este pode ter sido um padrão no passado, mas todas essas informações não são mais necessárias e, dependendo da situação, ilegais, pois podem levar a um processo por preconceito.

4- Hobbies
Se o seu passatempo não é relevante para o trabalho que você está se candidatando, então é um desperdício de espaço e um desperdício de tempo da empresa.

5- Sua idade
Se você não quer ser discriminado de uma posição por causa de sua idade evite colocar a data de nascimento.

6- Referências
Se seus futuros empregadores quiserem alguma referência sua, eles vão lhe pedir. Além disso, é melhor que você tenha a chance de contar de antemão às suas referências que um futuro empregador pode entrar em contato.

PUBLICIDADE

7- Pronomes pessoais
Não escreva o seu currículo na terceira ou primeira pessoa. Entende-se que tudo em seu currículo é sobre você e suas experiências, logo, evite palavras como “eu” e “meu”.

8- E-mails não profissionais
Se você ainda usa um endereço de e-mail antigo, como gatinha123@yahoo.com ou pikachu17@gmail.com, é melhor criar um novo antes de sair mandando o seu currículo por aí.

9- Palavras óbvias
Não existe razão para escrever a palavra “Telefone” antes do seu número de contato. “É muito bobo. Eles sabem que é o seu número de telefone”, afirma o coach Eli Amdur. A mesma regra aplica-se a e-mail.

10-  Informações de contato do seu atual trabalho
Colocar como contato no currículo os seus contatos profissionais do atual trabalho é perigoso, pois seu atual chefe pode monitorar seus e-mails e telefonemas. Então, se você não está com vontade de ser demitido, deixe essa informação de fora.

11- URLs que não estão relacionadas com o seu objetivo
Links para seus blogs opinativos, página Pinterest, Instagram ou conta não tem relação com o seu objetivo profissional não devem ser utilizadas.  

12- Informações de salário
Algumas pessoas incluem o objetivo salarial. Esta informação é completamente desnecessária e pode enviar a mensagem errada. A presidente da TalentZoo, Amy Hoover, lembra que você não deve resolver o seu salário desejado em um currículo. “Este documento destina-se a mostrar as suas experiência e competências profissionais. Salário vem mais tarde no processo de entrevista.”

13- Fontes desatualizadas
Não use fontes desatualizadas com Times New Roman. Prefira uma fonte padrão, como Arial. Além disso, tome cuidado com o tamanho da fonte; o seu objetivo é tornar o currículo chamativo e elegante, mas fácil de ler.

14- Palavras comuns
Existem palavras que a maioria dos candidatos utiliza, como motivado, criativo e responsável. Por isso, evite ou coloque com moderação no seu currículo.

15- Razões pela qual você deixou uma empresa ou posição
Os candidatos muitas vezes pensam: “Se eu explicar por que eu deixei o meu último cargo no meu currículo, talvez minhas chances aumentem”.
Errado. Essa informação é irrelevante no seu CV. Além disso, esse não é o momento, nem o lugar para discutir esse tipo de assunto.

16- Notas de escola
As suas notas de escola e faculdade não são relevante na hora de procurar um emprego.

17- Foto
Colocar uma foto sua no CV pode parecer algo estranho para quem for avaliar o candidato.