Brasil

135 mil trabalhadores temporários foram contratados no semestre

Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve aumento de 8% no número de contratações

arrow_forwardMais sobre
(Wikimedia Commons)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – No primeiro semestre deste ano foram contratados 135 mil trabalhadores temporários, um crescimento de 8% na comparação com o mesmo período do ano passado. É o que revela um levantamento realizado pelo Sindeprestem (Sindicato das Empresas de Prestação de Serviços Terceirizáveis e de Trabalho Temporário do Estado de São Paulo) em parceria com a associação representativa do mesmo setor (Asserttem), nesta sexta-feira (26).

Em contrapartida, o número de temporários que foram contratados como efetivos após o término do contrato registrou queda de 16%, passando de 12 mil no ano passado para 10 mil este ano.

O recuo, segundo o presidente do Sindeprestem, Vander Morales pode ser explicado pela economia brasileira que tem dado sinais de desaceleração, com aumento da taxa de juros e da inadimplência do consumidor.

Aprenda a investir na bolsa

“ Os empregadores estão receosos com o futuro e essa preocupação tem impacto direto nas efetivações. Em um cenário de incertezas, somado à ausência de políticas de incentivos fiscais para o setor, que continua a conviver com a elevada carga tributária e nenhum tipo de desoneração, os quadros de funcionários permanecem enxutos.”