Além do profissional

10 práticas de autocoaching para melhorar seu desempenho no trabalho

Atualmente, empresas buscam qualificações além das profissionais. Saber liderar e passar confiança são atributos essenciais para o mercado

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Se destacar no mercado de trabalho não é uma tarefa fácil. Atualmente, além das empresas exigirem qualificações profissionais, elas procuram pessoas que demonstrem autocontrole, confiança e foco para alcançarem seus objetivos.

Segundo o coach Manuel Cortez, que ministrará o curso “Self Coaching e a Arte de Vencer” no INAp (Instituto de Neurolinguística Aplicada) nos dias 15 e 16 de junho, algumas práticas de autocoaching podem melhorar a atitude comportamental no trabalho. Confira 10 dicas para melhorar seu desempenho:

1. Aprenda a pensar positivo. Mesmo nos acontecimentos e situações negativas em suas atividades, descubra o lado positivo, pois ele existe sempre, afirmou o coach. “Como disse Brian Tracy: ‘Se quer mudar sua gestão mude a qualidade de seus pensamentos’”.

PUBLICIDADE

2. Viva livre do passado. Não gaste energia com o que já passou e não existe mais. “Analise os acontecimentos passados com serenidade e tire as devidas lições e ensinamentos para o futuro”.

3. Foque sua energia e propósitos no futuro. Segundo Manuel, é preciso fazer planos, decidir como avançar, focar nos resultados e partir para a ação.

4. Formule suas metas pessoais e profissionais. As metas são o coração de qualquer processo de coaching, disse Cortez. “Elas serão seu guia em sua nova viagem do estado atual ao estado desejado. Nas metas profissionais, alinhe suas metas com os norteadores estratégicos e a cultura de sua organização”.

5. Festeje cada meta realizada. Seu sucesso depende essencialmente de você, por isso, saiba que é seu mérito por cada conquista alcançada ao longo do processo. Se os resultados alcançados tiveram a contribuição de sua equipe, partilhe o sucesso com todos. “Fale no plural. Se torne um líder parceiro”, acrescenta o especialista.

6. Aprenda a meditar diariamente. Segundo Cortez, a meditação é o “alimento mais sutil e poderoso da mente humana. Ouça sua voz interior, acesse o poder imenso que reside dentro de você, reduza seu nível de estresse e ansiedade e descanse seu corpo e mente consciente”. Nas decisões difíceis de sua gestão, siga sua intuição.

7. Filtre os pensamentos alheios. Tente falar menos e ouvir mais, assimilando as opiniões dos outros, mas se reserve o direito de decidir em conformidade com seus princípios e valores.

PUBLICIDADE

8. Cultive o diálogo em seus relacionamentos. Seja em família ou no seu trabalho, você será o principal beneficiado. Um líder que promove o diálogo e a abertura de ideias receberá de sua equipe um maior comprometimento com as tarefas diárias.

9. Lembre-se de que não existe certo e errado. “Apenas existem pessoas, coisas e pensamentos diferentes”. Com esta prática, Manuel diz que você pode desenvolver e resgatar valores de respeito, tolerância, justiça, perdão e compaixão. “Seja assertivo e exigente com todos, mas tolerante para com a criatividade dos ‘diferentes’”.

10. Seja quem você é. Influencie positivamente seus funcionários com seu exemplo de caráter e coerência, ressalta o coach. “Preserve sua essência e identidade única e atinja o sucesso do seu jeito”.