Conteúdo editorial apoiado por

Samarco conclui reestruturação de dívida com emissão de US$ 3,98 bilhões

Operação inclui a injeção de novos recursos por Vale e BHP, acionistas da empresa

Reuters

Publicidade

A Samarco Mineração anunciou nesta sexta-feira a conclusão da reestruturação de parte de sua dívida financeira no âmbito do processo de recuperação judicial da companhia, por meio da emissão de US$ 3,98 bilhões em novos títulos com vencimento em 2031.

Na data de emissão, a Samarco completou obrigações “significativas” no âmbito do Plano Consensual e do Acordo de Suporte, incluindo o alongamento e redução da dívida da companhia com os credores financeiros internacionais, do montante aproximado de US$ 4,8 bilhões para cerca de US$ 3,7 bilhões, por meio do cancelamento e substituição de títulos com vencimentos mais próximos.

A reestruturação da companhia também inclui a injeção de novos recursos na Samarco por suas acionistas, a Vale (VALE3) e a BHP, “que apoiaram o Plano Consensual, destinados a suportar a companhia no cumprimento de obrigações”, disse a Samarco em nota.

“A Samarco confia que essas transações fortalecerão sua estrutura de capital e darão suporte para a viabilidade de seu plano de negócios”, disse.

A Samarco acrescentou que segue concentrada na retomada gradual e segura das operações, com a expectativa de atingir 60% da capacidade produtiva até 2025 e 100% até 2028, conforme previsto em seu plano de negócios.

IM Business

Newsletter

Quer ficar por dentro das principais notícias que movimentam o mundo dos negócios? Inscreva-se e receba os alertas do novo InfoMoney Business por e-mail.

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.