Conteúdo editorial apoiado por

Receita das exportações brasileiras de carne de peru cresceu 6% em 2023

Foram US$ 201 milhões, segundo dados compilados pela ABPA

Alexandre Inacio

Publicidade

As exportações de carne de peru do país somaram 69,8 mil toneladas e renderam US$ 201 milhões no ano passado, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) compilados pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA). Na comparação com 2022, o volume cresceu 17,8% e a receita foi 6,2% superior. Apenas BRF e Seara (JBS) produzem carne de peru no Brasil.

O México foi o principal destino dos embarques, com 16 mil toneladas (queda de 4%), seguido pela África do Sul (12,9 mil toneladas, alta de 38%) e pela União Europeia (10,8 mil toneladas, aumento de 239%). “As exportações têm mantido movimento ascendente nos últimos cinco anos, e ganhou especial impulso em 2023 com as vendas para a Europa e a África do Sul. A expectativa é que o ritmo se mantenha ao longo deste ano”, afirma o presidente da ABPA, Ricardo Santin, em nota.
Como já informou o IM Business, as exportações de carne de peru do país estão em curva de recuperação, depois que, em 2017, a UE suspendeu as habilitações da maior parte dos frigoríficos brasileiros na esteira da Operação Carne Fraca. Técnicos europeus vistoriaram recentemente unidades no país, e a expectativa é que diversas delas possam retomar as vendas para o bloco no curto prazo.

Newsletter

IM Business Agro

Inscreva-se na newsletter e receba análises exclusivas sobre tudo que movimenta o universo do agronegócio, além de uma curadoria com o que de melhor aconteceu ao longo da semana

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.