Conteúdo editorial apoiado por

Quem são as 10 pessoas mais ricas da África? Veja ranking

O continente africano, com 54 países, tem 18 pessoas com fortunas de US$ 1 bilhão ou mais. Juntos, somam US$ 81,5 bilhões em patrimônio

Estadão Conteúdo

Publicidade

O nigeriano Aliko Dangote, dono da Dangote Cement, maior produtora de cimento da África, é a pessoa mais rica do continente. Dados da Forbes desta sexta-feira (5) indicam que ele possui fortuna de US$ 13,4 bilhões.

Em segundo lugar, aparece o sul-africano Johann Rupert, que preside a Compagnie Financiere Richemont, dona de marcas de luxo como Cartier e Montblanc. Ele tem um patrimônio estimado em US$ 11,4 bilhões.

Segundo a Forbes, na África, continente com 54 países, são 18 as pessoas com fortunas de US$ 1 bilhão ou mais, originários de apenas cinco países: África do Sul (6); Egito (5); Nigéria (4); Argélia (1); Tanzânia (1) e Zimbábue (1).

Continua depois da publicidade

Juntos, os bilionários da lista da Forbes na África somam US$ 81,5 bilhões em patrimônio.

Veja abaixo a lista com as 10 pessoas mais ricas da África, e, em seguida, quem são os mais ricos da América Latina, Ásia e Europa.

Aliko Dangote, dono da Dangote Cement e pessoa mais rica do continente africano. (Foto: Reprodução/ Dangote Cement)

1. Aliko Dangote

Continua depois da publicidade

Fortuna: US$ 13,4 bilhões

País: Nigéria

Fonte da riqueza: ele é dono da maior produtora de cimento do continente, a Dangote Cement

Continua depois da publicidade

2. Johann Rupert e família

Fortuna: US$ 11,4 bilhões

País: África do Sul

Continua depois da publicidade

Fonte da riqueza: ele preside a Compagnie Financiere Richemont, dona de marcas de luxo como Cartier e Montblanc

3. Nicky Oppenheimer e família

Fortuna: US$ 9,5 bilhões

País: África do Sul

Fonte da riqueza: ele é herdeiro da De Beers, produtora de diamantes; em 2012, ele vendeu 40% de sua empresa para o grupo de mineração Anglo American, por US$ 5,1 bilhões

4. Nassef Sawiris

Fortuna: US$ 8,9 bilhões

País: Egito

Fonte da riqueza: irmão de Naguib (que está em sétimo lugar), ele é investidor e descendente da família mais rica do Egito; entre os negócios que têm participação estão a Madison Square Garden, dona dos times de basquete NBA Knicks e NHL Rangers, e a OCI, maior produtora de fertilizantes nitrogenados do mundo

5. Mike Adenuga

Fortuna: US$ 6,7 bilhões

País: Nigéria

Fonte da riqueza: ele é dono da Globacom, uma empresa de telefonia móvel com 60 milhões de assinantes, e da Conoil Producing, que opera seis blocos de petróleo no Delta do Níger

6. Abdulsamad Rabiu

Fortuna: US$ 5,9 bilhões

País: Nigéria

Fonte da riqueza: ele é fundador do BUA Group, que atua na produção de cimento, refino de açúcar e no mercado imobiliário

7. Naguib Sawiris

Fortuna: US$ 3,8 bilhões

País: Egito

Fonte da riqueza: um dos descendentes da família mais rica do Egito e irmão de Nassef (o quarto lugar), ele preside a Orascom TMT Investments, que tem participações em uma gestora de ativos no Egito, na empresa italiana de internet Italiaonline, entre outras

8. Mohamed Mansour

Fortuna: US$ 3,3 bilhões

País: Egito

Fonte da riqueza: ele supervisiona o conglomerado Mansour Group, que possui 60 mil funcionários; foi ele quem estabeleceu concessionárias da General Motors no Egito em 1975, no que mais tarde se tornou uma das maiores distribuidoras da GM no mundo

9. Patrice Motsepe

Fortuna: US$ 3,1 bilhões

País: África do Sul

Fonte da riqueza: ele é fundador e presidente da African Rainbow Minerals, de mineração e minerais; em 2008, Patrice foi o primeiro africano negro a figurar na lista da Forbes

10. Koos Bekker

Fortuna: US$ 2,8 bilhões

País: África do Sul

Fonte da riqueza: presidente da Naspers, uma investidora em comércio eletrônico e potência na TV a cabo do país; originalmente a Naspers era uma editora de jornais e foi Bekker quem a reinventou

Bilionários de outras regiões

O mexicano Carlos Slim Helú continua sendo a pessoa mais rica da América Latina, segundo a revista Forbes. Seu patrimônio é de US$ 92,3 bilhões. Sua riqueza vem do Grupo Carso, holding mexicana que engloba empresas como a América Móvil e a Telmex.

O empresário indiano Mukesh Ambani figura como pessoa mais rica da Ásia. Sua fortuna é de US$ 123,3 bilhões, segundo a Forbes. Ambani comanda o Reliance, um gigantesco conglomerado empresarial que tem braços que atuam nos ramos de energia e comunicação.

Na Europa, quem lidera é o empresário francês de artigos de luxo Bernard Arnault, que, segundo a lista da Forbes, tem fortuna de US$ 196,2 bilhões. Bernard é presidente e diretor-executivo do grupo LVMH, conglomerado que reúne mais de 70 marcas de moda e cosméticos, entre elas Louis Vuitton, Dior, Givenchy e Sephora.