Conteúdo editorial apoiado por

Produção de açúcar cresce 15% nas regiões Norte e Nordeste

Volume chegou a 1,8 milhão de toneladas do início do ciclo atual até 30 de novembro

Fernando Lopes

(Justin Sullivan/Getty Images)

Publicidade

O volume de cana processado pelas usinas das regiões Norte e Nordeste do país chegou a 35 milhões de toneladas do início desta safra 2023/24 até 30 de novembro, segundo dados divulgados pela Associação de Produtores de Açúcar, Etanol e Bioenergia (NovaBio). Em relação ao mesmo período do ciclo passado, o volume cresceu 7,2%.

Como no Centro-Sul, o avanço tem sido puxado pelo açúcar, cujos preços estão em elevados patamares nos mercados interno e externo. No intervalo, a produção de açúcar no Norte e no Nordeste aumentou 15,1%, para 1,8 milhão de toneladas. A produção de etanol hidratado (usado diretamente nos tanques dos veículos) registrou alta de 11,2%, para 729,7 milhões de litros, enquanto a de anidro recuou 2,4%, para 756,8 milhões de litros.

“O açúcar está valorizado no mercado internacional. Somado a isso, o clima na região produtora também foi favorável, o que explica o crescimento [do processamento de cana]”, diz Renato Cunha, presidente da NovaBio, em nota.

Newsletter

IM Business Agro

Inscreva-se na newsletter e receba análises exclusivas sobre tudo que movimenta o universo do agronegócio, além de uma curadoria com o que de melhor aconteceu ao longo da semana

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Tópicos relacionados