Conteúdo editorial apoiado por

Itália obtém aval da ArcelorMittal e avança para assumir controle da Acciaierie d’Italia

Gigante do aço se mostrou disposta a aceitar uma participação minoritária para que governo injete US$ 351 milhões na companhia

Bloomberg

Publicidade

O governo italiano deverá tornar-se o principal acionista da maior siderúrgica do país, a Acciaierie d’Italia, depois de a ArcelorMittal ter se recusado a injetar mais capital no negócio.

A siderurgia sediada na cidade de Taranto, no sul, há muito luta para regressar a níveis de produção sustentáveis, à medida que combate o aumento dos custos da energia e a procura industrial mais fraca.

“A ArcelorMittal disse que está disposta a aceitar uma participação minoritária, mas não a contribuir financeiramente”, disse o ministro da Indústria, Adolfo Urso, aos legisladores em Roma nesta quinta-feira (11). Ele acrescentou que a usina, anteriormente conhecida como Ilva, precisa “de uma mudança drástica para marcar um ponto de virada claro em comparação com os últimos 10 anos”.

Planta da Acciaierie d’Italia em Taranto, na Itália (Bloomberg)

Os sindicatos deverão realizar outra rodada de negociações nesta quinta-feira com autoridades do governo da primeira-ministra Giorgia Meloni.

Um representante da Acciaierie d’Italia não quis comentar.

A administração de Meloni, após uma reunião com representantes da empresa no início desta semana, propôs aumentar a sua participação na Acciaierie d’Italia de 38% para 66% com a injeção de 320 milhões de euros (US$ 351 milhões) de capital novo através de um veículo estatal Spa Invitalia.

A aquisição da participação majoritária reflete uma tendência intervencionista que viu o governo de direita de Meloni entrar em várias sagas corporativas de longa data, incluindo a Telecom Italia e a Banca Monte dei Paschi di Siena.

A questão mais urgente para a fábrica é encontrar fundos suficientes para manter a produção. A siderúrgica está produzindo menos de 4 milhões de toneladas por ano, um nível recorde que se compara com uma capacidade potencial máxima de cerca de 10 milhões de toneladas. Os altos-fornos da planta estão desligados ou funcionando ocasionalmente.

© 2024 Bloomberg LP

IM Business

Newsletter

Quer ficar por dentro das principais notícias que movimentam o mundo dos negócios? Inscreva-se e receba os alertas do novo InfoMoney Business por e-mail.

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.