Conteúdo editorial apoiado por

Fortuna de Larry Ellison salta para US$ 152 bi com disparada da Oracle

Companhia relatou demanda “enorme” relacionada à IA por sua infraestrutura em nuvem, levando as ações a um nível recorde

Bloomberg

Publicidade

Larry Ellison ultrapassou Sergey Brin e Steve Ballmer para se tornar a sétima pessoa mais rica do mundo nesta quarta-feira (12), depois que a Oracle (ORCL34) relatou uma demanda “enorme” relacionada à IA por sua infraestrutura em nuvem, levando as ações a um nível recorde.
A fortuna de Ellison, cerca de três quartos da qual vem da Oracle, saltou de US$ 14 bilhões para US$ 152 bilhões, de acordo com o Bloomberg Billionaires Index. Esse é o maior aumento diário de sua história e o coloca à frente do cofundador do Google, Brin, e do ex-CEO da Microsoft, Ballmer, pela primeira vez desde dezembro.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de crescimento para os próximos meses e anos

A Oracle está expandindo sua unidade de nuvem para competir com grandes players como a Alphabet Inc., controladora do Google, à medida que aumenta a demanda por capacidade para suportar inteligência artificial. A empresa, que Ellison cofundou há mais de 40 anos, também anunciou um novo acordo para disponibilizar seu banco de dados homônimo na infraestrutura em nuvem do Google quando divulgou lucros na noite de terça-feira. Anteriormente, assinou um acordo semelhante com a Microsoft.

Continua depois da publicidade

Larry Ellison, presidente e cofundador da Oracle Corp., fala durante a conferência Oracle OpenWorld 2017 em São Francisco, Califórnia, EUA, no domingo, 1º de outubro de 2017. OpenWorld é uma conferência de negócios e tecnologia que oferece insights sobre as tendências do setor e avanços na tecnologia Cloud, hospedando sessões educacionais, bem como exposições de mais de 400 parceiros. (Crédito: Bloomberg)

As ações da Oracle, com sede em Austin, saltaram 13%, o maior valor desde 2021, elevando o ganho total de riqueza de Ellison este ano para US$ 29 bilhões.

A Oracle, mais conhecida por seu software, está trabalhando para se redefinir como um importante player no negócio de computação em nuvem. Isso colocou Ellison, 79 anos, na pequena lista de bilionários cuja riqueza disparou este ano devido à recuperação alimentada pela IA nas ações de tecnologia. O patrimônio líquido do cofundador da Nvidia Corp., Jensen Huang, aumentou US$ 66 bilhões, enquanto a fortuna de Brin aumentou US$ 28 bilhões.

A riqueza de Ellison também recebeu um impulso com os recentes ganhos da Tesla Inc. Ele revelou uma participação inicial na empresa de Elon Musk em 2018 e esteve no conselho de administração até 2022. Suas ações valem agora cerca de US$ 8 bilhões.

Continua depois da publicidade

© 2024 Bloomberg L.P.