Conteúdo editorial apoiado por

Ásia lidera os IPOs de 2024 – empresas da Índia são o destaque

Das 38 listagens globais nas últimas duas semanas, 34 foram na Ásia-Pacífico

Bloomberg

Publicidade

A maioria das ofertas públicas iniciais (IPO, em inglês) celebradas até agora neste ano ocorreram em Bolsas da Ásia-Pacífico, com o mercado de ações da Índia hospedando mais listagens do que qualquer outro par regional.

Das 38 listagens globais nas últimas duas semanas, 34 foram na Ásia-Pacífico, segundo dados compilados pela Bloomberg. As Américas seguiram-se com três recém-chegados, enquanto o Oriente Médio viu um e a Europa e o Brasil ainda não tiveram nenhum, mostram os dados.

A Índia tem sido a mais ativa, ampliando o recorde de estreias do ano passado, à medida que as empresas aproveitam as valorizações impulsionadas pelo frenesim das ações e pelas perspectivas de lucros. A China, onde o tamanho médio por listagem é normalmente maior, está observando uma recuperação gradual nas ofertas após o declínio do ano passado, quando o país enfrentou problemas econômicos e um escrutínio regulamentar mais rigoroso.

Prédio da Bolsa Nacional da Índia (NSE), em Mumbai (Atul Loke/Bloomberg)

Embora as listagens em toda a Ásia possam receber um impulso devido a menos restrições econômicas em 2024, a Índia tem “muitas empresas interessantes, grandes empresas que poderiam trazer IPOs de bilhões dólares para o mercado” este ano, disse Udhay Furtado, co-diretor da ECM Ásia-Pacífico no Citigroup, em entrevista à Bloomberg Television

Os banqueiros do mercado de capitais acionários da Ásia esperam que a Índia permaneça entre os mercados mais ativos da região ao longo deste ano. Espera-se que a Ola Electric Mobility, a maior empresa de scooters elétricas do país, anuncie um acordo neste trimestre, à medida que busca arrecadar 55 bilhões de rúpias (US$ 664 milhões). 

IPOs na região da Ásia-Pacífico desde o início de 2024 (Bloomberg)

A Jyoti CNC Automation, fabricante de máquinas CNC para corte de metal com sede em Gujarat, começou a negociar na Bolsa Mumbai nesta semana, após uma oferta de 10 bilhões de rúpias que teve 38 vezes mais oferta. É o segundo maior IPO na Índia até agora neste ano, depois que o Sustainable Energy Infra Trust, listada na segunda-feira (15), levantou US$ 273 milhões. 

© 2024 Bloomberg LP

IM Business

Newsletter

Quer ficar por dentro das principais notícias que movimentam o mundo dos negócios? Inscreva-se e receba os alertas do novo InfoMoney Business por e-mail.

Preencha o campo corretamente!
E-mail inválido!
Preencha o campo corretamente!
Preencha o campo corretamente!

Ao informar os dados, você concorda com a nossa Política de Privacidade.