Conteúdo editorial apoiado por

A campanha de NFTs da Dolce & Gabbana que deixou consumidores furiosos

Grife de luxo italiana enfrenta processo nos EUA após ter ofertado ativos em troca de benefícios que não teriam sido cumpridos

Bloomberg

Fachada da Dolce & Gabanna. Crédito: Bloomberg

Publicidade

A Dolce & Gabbana foi processada nos Estados Unidos por um cliente que afirma que os NFTs (Tokens Não Fungíveis) nos quais ele gastou US$ 6 mil e que vinham com roupas para usar no metaverso perderam 97% de seu valor porque a grife italiana de moda de luxo não teria cumprido o que prometeu.
A empresa vendeu NFTs que foram colocados como “uma lista de benefícios digitais, físicos e experienciais” e podiam ser comprados e vendidos na blockchain da criptomoeda Ethereum, de acordo com a companha. A Dolce & Gabbana supostamente disse aos consumidores que a compra dos NFTs DGFamily lhes daria acesso a várias recompensas digitais, produtos físicos e eventos exclusivos.

Baixe uma lista de 10 ações de Small Caps que, na opinião dos especialistas, possuem potencial de valorização para os próximos meses e anos, e assista a uma aula gratuita

Mas a entrega dos NFTs atrasou e foram prometidos benefícios especiais ao cliente, de acordo com a reclamação apresentada no tribunal federal de Manhattan. Trajes digitais que apareceram com 20 dias de atraso “só poderiam ser usados ​​em uma plataforma de metaverso com quase nenhum usuário”, de acordo com a denúncia.

Continua depois da publicidade

Mesmo após o lançamento dos trajes digitais, os detentores de tokens ainda não poderiam usá-los por mais 11 dias porque a Dolce & Gabbana não havia obtido a aprovação da plataforma do metaverso com antecedência, de acordo com a denúncia.

“Seu procedimento operacional padrão tem sido prometer produtos que não cumprem, antes de abandonar um projeto e uma comunidade que prometeram apoiar”, escreveram os advogados na denúncia.

Luke Brown, que entrou com a ação, diz que perdeu US$ 5.800 nos NFTs que comprou. Brown abriu o caso em nome de pessoas que compraram ativos digitais do projeto.

Continua depois da publicidade

A denúncia também envolve o NFT UNXD como réu. A Dolce & Gabbana e UNXD não responderam imediatamente fora do horário comercial aos pedidos de comentários.

© 2024 Bloomberg L.P.