Em bloomberg / mercados

Petróleo está se tornando um negócio com ‘retorno banal sobre o capital’, diz gerente de hedge funds

Chanos fez seus comentários depois do desmoronamento dos preços do petróleo

Petróleo - Bloomberg
(Bloomberg)

(Bloomberg) – “Ter que fazer coisas como perfurar no Oceano Ártico” e “lidar com o Sr. Putin” são algumas das razões pelas quais o gerente de hedge funds Jim Chanos disse que se sente “muito negativo” em relação às petroleiras integradas.

“Elas estão substituindo o petróleo a US$ 20 pelo petróleo a US$ 80, esse é o problema”, disse Chanos, em uma entrevista ao “Wall Street Week” publicada no domingo no site do programa de TV. “Empresas que tinham um retorno muito alto sobre o capital estão se transformando em empresas com um retorno mais banal sobre o capital”.

Chanos, o fundador da Kynikos Associates LP, disse neste mês que venderá alguns dos maiores nomes do setor de petróleo, especialmente produtores de gás natural, devido a um potencial superávit que ele chamou de “desastre esperando para acontecer”.

Quando lhe pediram no domingo que nomeasse empresas específicas, ele disse que “desconfia dos caras muito alavancados em qualquer empresa com um fluxo de caixa negativo depois do dispêndio de capital”.

“Eles não estão cobrindo os dividendos nem suas recompras de ações, portanto nomes como Chevron, British Gas/Royal Dutch e, é claro, algumas das grandes companhias nacionais, as Petrobras do mundo”.

Chanos fez seus comentários depois do desmoronamento dos preços do petróleo. Embora o petróleo bruto Brent, a referência mundial, tenha se recuperado de uma baixa por volta de US$ 45 por barril atingida em janeiro e chegado a cerca de US$ 65, ele continua mais de 40 por cento abaixo do preço registrado em junho do ano passado.

Na SkyBridge Alternatives Conference, que ocorreu neste mês em Las Vegas, Chanos disse que vai apostar contra as ações da Royal Dutch Shell Plc e da BG Group Plc, que está no processo de ser comprada pela Shell, bem como as da Chevron Corp.

Usinas de GNL

O “Wall Street Week” é produzido pela SkyBridge Media, uma afiliada da SkyBridge Capital, o fundo de fundos fundado por Anthony Scaramucci, um apresentador do programa. A SkyBridge, que às vezes tem outras relações comerciais com os participantes, anunciantes e patrocinadores do programa, paga às estações da Fox em mercados importantes para transmitir o programa, que também pode ser assistido por streaming on-line todos os domingos às 11 da manhã em Nova York.

No programa, Chanos também reiterou sua conclusão de que as usinas “extremamente caras” de gás natural liquefeito que estão sendo construídas apresentam um desafio iminente para o setor.

Na conferência da SkyBridge, ele disse que a demanda por GNL se manteve estável nos últimos anos e que a capacidade vai “aumentar vertiginosamente” quando as novas instalações de liquefação começarem a produzir.

Helge Lund, CEO da BG, rejeitou a visão de Chanos e disse que o GNL fornecerá uma proporção maior da energia do mundo e que a demanda está crescendo. Espera-se que a fusão entre a BG e a Shell crie o maior fornecedor de GNL do mundo.

Scaramucci encerrou o programa pedindo a Chanos uma “ideia para colocar em prática”.

Chanos aconselhou que os investidores “vendam a descoberto os frackers norte-americanos”.

“Trata-se de um modelo de negócios defeituoso”, disse ele. “Concordo com meu amigo David Einhorn, que tem posições curtas nesse espaço há três anos”.

 

Contato