Em bloomberg / mercados

Depois de Santander, Morgan Stanley corta recomendação da Vale

Instituição financeira reduziu a recomendação do papel da mineradora diante da expectativa de que o mercado de minério de ferro registrará grandes excedentes nos próximos anos.

Vale Bloomberg

SÃO PAULO - Os analistas do Morgan Stanley, liderados por Carlos de Alba, cortaram a recomendação para as ações da Vale de overweight (desempenho acima da média do mercado) para equal weight (desempenho em linha com a média do mercado).

 

A decisão da instituição financeira de rebaixar a recomendação do papel da mineradora brasileira foi determinada pela expectativa de que o mercado de minério de ferro registre grandes excedentes de produção nos próximos cinco anos, o que refletiu o corte da previsão para o lucro da companhia.

 

O Morgan Stanley espera que os dividendos da Vale apresentem declínio e que a alavancagem da companhia suba significativamente.

 

Ontem, o Santander rebaixou a recomendação dos ADRs da mineradora de "compra" para "manutenção"., em função da tendência de deterioração dos resultados da companhia, o que deve pressionar os preços do minério de ferro.

 

Contato