Blog InfoMoney

Liderança equilibrio

Em blogs / negocios-e-carreira / lideranca-equilibrio

10 dicas para o empreendedor que deseja investir em uma franquia

Franquia já virou sinônimo de negócio lucrativo. Segundo a ABF - Associação Brasileira de Franchising - o setor cresceu 7,7% em faturamento em 2014, totalizando R$127 bilhões

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

Franquia já virou sinônimo de negócio lucrativo. Segundo a ABF - Associação Brasileira de Franchising - o setor cresceu 7,7% em faturamento em 2014, totalizando R$127 bilhões. Em relação ao número de marcas, foi registrado um crescimento de 8,8% frente a 2013. Para 2015, a ABF prevê que o crescimento da atividade deve ficar entre 7,5% e 9,0%. Já o número de marcas deve aumentar 8% e o de novas unidades, crescer entre 9% e 10%.

Entretanto, ingressar neste modelo de empreendimento requer mais do que ter uma ideia brilhante na cabeça e algum recurso para investir. Para levar o projeto adiante é importante ter afinidade e paixão pelo tipo de negócio escolhido, são 2.942 redes operando no sistema de franquias brasileiro, e, sobretudo, muita perseverança.

E para quem deseja sucesso nessa empreitada, o presidente do Mundo Verde, Carlos Wizard Martins, reúne 10 dicas fundamentais. Confira a seguir:

  • Antes de tomar a decisão, ouça opiniões, pesquise o mercado, identifique o público em potencial e estude a concorrência. Conversar com quem conhece o mercado e extrair o máximo de informações são atitudes fundamentais para identificar a oportunidade real do seu negócio;

 

  • Capacite-se. Adquirir conhecimento em administração, finanças, marketing e demais assuntos pertinentes ao mundo do empreendedorismo é essencial para uma boa gestão do seu negócio;

 

  • Fique atento aos cuidados jurídicos básicos, dentre eles, a abertura formal da empresa, contratos com a franqueadora, taxas e custos a pagar;

 

  • Nem sempre os empreendedores dispõem de recurso financeiro próprio, suficiente para investir no negócio. Nesses casos, contar com a ajuda de um ou mais investidores pode ser uma excelente alternativa. Não descarte também tomar empréstimos e financiamentos, porém os realize com muita parcimônia e discernimento, afinal o cenário econômico brasileiro está cheio de incertezas e a taxa de juros está em constante elevação;

 

  • A escolha correta do ponto comercial também é imprescindível para o sucesso do negócio. É importante estar bem localizado, próximo ao consumidor e estrategicamente posicionado frente à concorrência;

 

  • Pense globalmente. Se o negócio criado tem uma solução universal, isso atrai a atenção dos consumidores e o diferencia da concorrência;

 

  • Mantenha-se antenado e com foco na inovação. Em um ambiente tão competitivo como é o mundo dos negócios, criatividade e jogo de cintura são habilidades importantes para quem deseja vencer;

 

  • Invista em networking. Uma boa rede de contatos, certamente, será uma ferramenta para geração de novos negócios;

 

  • Determine regras claras de organização, sobretudo, quando se tratar de funcionários. A contratação informal, por exemplo, pode acarretar em sérios problemas trabalhistas futuros;

 

  • Não ache que sua ideia não possui concorrentes e que existe uma fórmula mágica para que seu negócio dê certo. A concorrência fortalece e estimula a evolução e qualificação constantes. Saiba lidar com críticas negativas e até possíveis mudanças no projeto sem se deixar abater. Os segredos do jogo são persistência e resiliência.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

 

 

Quer dicas exclusivas?

Preencha os campos abaixo e receba dicas e conteúdos exclusivos do blog Liderança equilibrio

Contato