Blog InfoMoney

Blog da Levante

Em blogs / investimentos / blog-da-levante

A coisa aqui tá preta

Desabafo: não tô nem mais preocupado com o primeiro turno. Parece que vai dar PT com Bolsonaro mesmo. Vou mesmo é pensar no segundo turno

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

Bolsonaro e Haddad

Meu caro amigo,

hoje venho ter um papo reto com você. Só sei que as coisas não estão fáceis… É cada reviravolta que a gente tem que aguentar! Você viu o debate lá na TV do Sílvio Santos nesta semana? Tinha aquele bombeiro pregando pelo amor, glória a Deus, não sei o que lá, e todo mundo dando risada. Não dá pra entender mais nada. Bombeiro virando pastor. Militar esfaqueado. Preso líder! Se bem que não mais...

Mas deixa eu falar. Aquele Haddad, que já foi prefeito aqui de São Paulo, está em segundo mesmo. É, acho que não cai mais. O pessoal lá do Nordeste abraçou mesmo e não larga. Andrade, Adauto, Radarde, Adayde... Ninguém sabe o nome dele, mas o voto tá lacrado e não muda nem com reza ‘braba’.

E do outro lado? Nem me fale. O Bolsonaro mandou todo mundo parar de falar besteira. Parece que o vice dele, o general lá, pisou na bola sério. Aí o capitão teve que, do hospital, enquadrar o general. Onde já se viu, capitão dando ordem? Meu avô era militar e quando soube quase caiu da cadeira.

Mas também, tadinho. Dá um desconto, pô. Ele quase caiu duro com o incidente lá. Você vê que o pessoal da equipe está batendo cabeça e ele não quer ficar de fora do segundo turno.

Desabafo: não tô nem mais preocupado com o primeiro turno. Parece que vai dar PT com Bolsonaro mesmo. Vou mesmo é pensar no segundo turno. Será que voto nulo? Porque, né? Tá russo mesmo.

Enfim. Sei lá. Outro dia estava discutindo política com os amigos e um deles me disse que tem esse site bacana demais, que junta todas as pesquisas eleitorais numa conta só. O cara que toca o site é estatístico. O site chama Polling Data - se minha memória não me trai. Posso checar depois, se você tiver interesse.

O barato do site – e me perdoa desde já que eu não entendo nada dessas coisas, meu amigo que explicou – são na verdade dois: tem um mecanismo lá que calcula uma tal de média ponderada de todos as pesquisas. Como se fosse uma média das médias, mas de um jeito que as mais novas tenham mais destaque.

A segunda sacada é melhor ainda. O site calcula também o viés de cada instituto contra ou a favor de cada candidato. Sim. Sempre soube. Algumas pesquisas favorecem mais ou menos alguns candidatos! Também achava que era manipulação. Mas aí me explicaram que o viés vem por causa da metodologia de cada pesquisa. Parece que elas são diferentes mesmo e que isso faz parte. E eu confio no estatístico.

Usando essas informações, o site desenvolveu umas probabilidades bem interessantes. Não sei se você acreditaria, mas a metodologia do estatístico lá me convenceu. Por isso que te falei: esquece o primeiro turno. Já está tudo dado. O Polling Data, hoje (sexta, 28 de setembro), dá 100% Bolsonaro no segundo turno e 96% para o Haddad.

Agora, vou te dizer uma coisa. O site hoje dá mais chances pro petista ganhar as eleições do que o Bolsonaro: 64% pro Haddad e 34% pro seu adversário. Falta um mês pro segundo turno, né? Acho que isso aí muda.

O problema é que virou tudo um grande Fla-Flu. De novo. Será que o pessoal não aprendeu com 2014? Rapadura é doce, mas não é mole não.

Eu, que não gosto nem de um nem de outro, fico no meio desse fogo cruzado. Já vi amigo meu perdendo amizade por política. Eu, hein? Tô sentindo que essa é a eleição do "contra". Não concorda? Porque quem vota no Bolsonaro odeia o PT, quem vota no PT odeia o Bolsonaro. Quem é contra biscoito, come e vota bolacha. Quem põe ketchup na pizza tem risco de ser linchado pelos puristas.

Quem não vota em nenhum dos dois, senta e chora. Aí vai ter mais um mês inteiro (um dos mais longos da minha vida, com certeza) para escolher entre o menos pior, enquanto eles se matam…

Eu tô mesmo é pensando em votar nulo no segundo. Não sei. Preciso pensar com calma.  Bem que aquele ‘garoto’ novo lá, o Amoêdo, podia ter crescido mais, né? Parece que ele é ponta firme.

O meu primo, que é mais engajado, falou que o PT não pode voltar ao poder senão isso aqui vira uma Venezuela. De uns tempos pra cá, ele vem radicalizando demais. Quero distância.

E vem cá. Falando em disputa, você viu o Coringão? Está na final da Copa do Brasil. Esse Jair chegou com tudo. Pena que o ingresso está caro. Pensei em virar sócio, diz que tem um esquema bom de desconto. Não sei se vale a pena. Talvez poupar um dinheirinho.

Vou indo que é fim de semana e tem jantar da família. Vai ter macarronada da Tia Ana, e das boas. Aquele molho vermelho não é desse planeta não!

Qualquer dia escrevo de novo. Tô meio saturado com política.

 

Aquele abraço,

Eleitor médio do centro político

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

 

perfil do autor

InfoMoney Blogs

Glenda Ferreira

Nascida em Cassilândia (MS), é economista formada na Facamp-SP. Gosta de comer em bons restaurantes e viajar para conhecer outras culturas.

InfoMoney Blogs

Rafael Bevilacqua

O estrategista-chefe é formado em Economia na FEA-USP. Especialista em renda fixa, é maratonista e pai da golden retriever Ibove.

InfoMoney Blogs

Felipe Bevilacqua

Gestor especialista em fundos, é formado em Economia na FEA-USP. Também corre maratonas e passa os finais de semana em Serra Negra (SP).

InfoMoney Blogs

Eduardo Guimarães

Especialista de ações há 15 anos, é formado em Administração na FGV. Gosta de música e futebol, e pega ondas nas horas vagas.

InfoMoney Blogs

Felipe Berenguer

Responsável pela análise política, estuda administração pública na FGV. Acredita nas instituições e na democracia, e seu amor é o Santos FC.

Contato