Blog InfoMoney

Finanças em casa

Em blogs / financas-pessoais / financas-em-casa

Educação financeira nas escolas: um novo desafio

Abrindo novos horizontes no campo do ensino no Brasil, a educação financeira e a educação para o consumo foram homologadas como habilidades obrigatórias entre os componentes curriculares pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Crianças na Escola

Abrindo novos horizontes no campo do ensino no Brasil, a educação financeira e a educação para o consumo foram homologadas como habilidades obrigatórias entre os componentes curriculares pela Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Para mim, que respiro a missão de disseminar a educação financeira no Brasil e no mundo, a resolução da BNCC num primeiro momento mostra um avanço no reconhecimento da educação financeira e indica a importância de saber lidar com o dinheiro desde cedo. Mas precisamos nos atentar, pois ao longo dos anos percebo que quando o tema é abordado, muitos ainda o associam à matemática financeira e cálculos complexos, porém é preciso quebrar esse paradigma.

A educação financeira vai de encontro à mudança de hábitos e comportamento, pois engloba diversos conceitos que não estão ligados diretamente ao dinheiro, como o uso consciente dos recursos naturais, consumo consciente, entre outros.

A minha experiência na aplicação do tema tem sido muito gratificante, pois vejo que a educação financeira começa a ser bem aceita nas escolas e os resultados estão sendo surpreendentes. Com conteúdos dinâmicos, lúdicos e atrativos, distribuídos de acordo com cada faixa etária, os alunos têm as primeiras noções de como é viver dentro de uma sociedade movida pela questão financeira, mas ao mesmo tempo já começam a entender o quanto é importante ter uma relação mais saudável com o dinheiro.

Por ser implantada no campo comportamental, a educação financeira pode ser utilizada de forma interdisciplinar, pois além dos tradicionais livros, os conteúdos abrem espaço para serem trabalhados em forma de jogos ou outras atividades extras. Isso pode ajudar para que a educação financeira não seja vista como um bicho-papão, mas sim como uma nova forma de realizar sonhos.

Com a homologação, o primeiro passo foi dado. Resta agora ter uma percepção maior ao longo do caminho para potencializar o caráter comportamental, sem excluir a ciência exata. O equilíbrio será fundamental para mostrar que é possível cuidar das finanças sem abrir mão dos sonhos ao longo da vida.

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

perfil do autor

Reinaldo Domingos

Reinaldo Domingos é presidente da Abefin (Associação Brasileira de Educadores Financeiros), autor de vários livros e criador da Metodologia DSOP de Educação Financeira.

Quer dicas exclusivas?

Preencha os campos abaixo e receba dicas e conteúdos exclusivos do blog Finanças em casa

Contato