Blog InfoMoney

UM BRASIL

Em blogs / economia-e-politica / um-brasil

Mercado financeiro pode ter reviravolta no setor de investimentos

Fundador e CEO do Grupo XP, Guilherme Benchimol, e professor de Economia da Fundação Dom Cabral e da New York University Shanghai, Rodrigo Zeidan, comentam sobre o potencial de crescimento do setor no Brasil

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

Guilherme Benchimol e Rodrigo Zeidan

O perfil do investir brasileiro é conservador, e o mercado financeiro nacional é um dos mais fechados do mundo. Apesar desse cenário, o fundador e CEO do Grupo XP, Guilherme Benchimol, acredita que o segmento de investimento tem potencial para crescer de forma exponencial nos próximos anos.

Ele afirma que essa oportunidade para o setor tem causa principal no fato de que, atualmente, 95% das poupanças dos brasileiros estão nos bancos, enquanto que nos Estados Unidos, por exemplo, 90% dos recursos financeiros estão fora das instituições bancárias. Benchimol vê nesses números e no baixo patamar dos juros (que desestimula a aplicação de dinheiro em produtos conservadores) um retrato de como o segmento de investimentos pode ser expandido no País.

“O cliente passa a perceber que a aplicação que ele tinha não é a mais adequada quando mexemos no bolso dele. Então, fica incomodado e começa a mudar o comportamento. A consciência vem do bolso”, diz.

Esse comportamento tímido de investimento e a dificuldade de assumir riscos no mercado financeiro são reflexos da história econômica do Brasil. Se, por um lado, o professor de Economia da Fundação Dom Cabral e da New York University Shanghai, Rodrigo Zeidan, enxerga como positiva a segurança do mercado financeiro brasileiro, por outro, ele aponta que o Banco Central exagerou nessa busca por seguridade e acabou por promover a concentração de mercado.

“É impensável em qualquer lugar do mundo um sistema concentrado em quatro grandes grupos. Sou favorável à competição como forma de entregar para a sociedade um resultado melhor”, justifica.

Importante: os comentários e opiniões contidos neste texto são responsabilidade do autor e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney ou de seus controladores.

 

perfil do autor

InfoMoney Blogs

UM BRASIL

UM BRASIL convida empresários, especialistas, pensadores e acadêmicos de todo o mundo para análises precisas e aprofundadas sobre as questões mais importantes nos cenários econômico e político do País. Mantida pela FecomercioSP e com uma gama variada de visões, a plataforma UM BRASIL trabalha pelo aprimoramento do senso crítico do cidadão brasileiro e funciona como um hub plural de conexão de ideias transformadoras.

Contato