Em bicbanco

Banco chinês compra BicBanco por R$ 1,6 bilhão e deve fechar capital

O banco chinês deverá entrar com um pedido de OPA (Oferta Pública de Aquisição) nos próximos 30 dias

BicBanco
(Divulgação/BicBanco)

SÃO PAULO - O CCB (Chinese Construction Bank) comprou 73,96% do capital social do BicBanco (BICB4) por R$ 1,6 bilhão, confirmou a empresa nesta quinta-feira (31). O banco chinês deverá entrar com um pedido de OPA (Oferta Pública de Aquisição) 30 dias depois de fechada a operação, e vai avaliar se cancela o registro ou não.

Com a aquisição, o CCB se torna o primeiro banco chinês a operar no Brasil diretamente. O valor pago por ação foi de R$ 8,9017. A conclusão do negócio está sujeita à obtenção das aprovações dos órgãos reguladores responsáveiso, o Banco Central do Brasil, das autoridades regulatórias chineses competentes e das autoridades das ilhas Cayman. 

O BicBanco destacou que a operação também está sujeita a demais condições previstas no contrato, como a realização de uma reorganizaao societária. De acordo com o BicBanco, não deverá haver aumento de capital como consequência dessa operação. Caso ocorra uma OPA, a ação deve convergir para R$ 8,90. 

 

Contato