Em bancodobrasil

Com volume de R$ 11,47 bi, BB Seguridade tem maior IPO para estreante na bolsa

A oferta saiu a R$ 17,00 por ação, próximo do teto estabelecido pela faixa indicativa dos coordenadores da oferta, entre o intervalo de R$ 15,00 e R$ 18,00

Banco do Brasil - loja-conceito de Brasília
(Divulgação)

SÃO PAULO -  A BB Seguridade  - braço de seguros, previdência e capitalização do Banco do Brasil (BBAS3) -  movimentou R$ 11,475 bilhões em seu IPO (Oferta inicial de ações). A oferta saiu a R$ 17,00 por ação, próximo do teto estabelecido pela faixa indicativa dos coordenadores da oferta, entre o intervalo de R$ 15,00 e R$ 18,00. 

Foram vendidos 675 milhões de ações, equivalentes à soma do lote inicial de 500 milhões de ações. Este montante poderia ser acrescido de 175 milhões de papéis, incluindo os lotes extras. A operação envolveu apenas oferta secundária, que são ações vendidas pelo controlador. 

O IPO (Initial Public Offering) de ações da BB Seguridade é o maior da história da Bovespa para uma estreante da bolsa, sem considerar a oferta inicial do Santander (SANB11), em 2009, que movimentou R$ 13,18 bilhões e já estava na bolsa ao realizar a oferta de units.

No último dia 17, a CVM (Comissão de Valores Mobiliários) havia autorizado a retomada da oferta após tê-la suspendido por conta de irregularidades na divulgação. As ações da companhia estrearão na BM&FBovespa na próxima segunda-feira (29). 

 

Contato