Em onde-investir / acoes

Sugestão da Carteira InfoMoney salta 19% em 8 pregões; BTG recomenda compra

Demanda resiliente e preços em alta impulsionam o ativo

Alta
(Shutterstock)

SÃO PAULO - A Usiminas (USIM5) nunca foi um “caso de amor” para investidores de longo prazo em ações. Além da economia não ajudar o setor siderúrgico, a empresa sofreu um bom tempo com uma dívida bastante, problemas entre os controladores e resultados operacionais preocupantes.

Ainda assim, os papéis foram mantidos na Carteira InfoMoney de janeiro. Segundo Thiago Salomão, responsável pelo portfólio e pelo curso "Como Montar uma Carteira de Ações Vencedora", a economia voltou a mostrar reação em 2017 (principalmente em pontos como formação bruta de capital fixo, fator importante para o crescimento sustentável da economia nos próximos trimestres), os preços do aço e do minério voltaram a subir, o endividamento vem sendo “empurrado com a barriga” e os resultados operacionais voltaram a aparecer.

Quem seguiu a sugestão já consegue embolsar lucros. A ação acumula alta de 19% em apenas 8 pregões deste ano e na sessão de quinta-feira (11) saltou 5,4% após a recomendação de compra do BTG Pactual.

Os analistas disseram estar mais otimistas com o setor siderúrgico do que jamais estiveram em anos e ressaltam que os aumentos de preços recentes aumentam a confiança. O preço-alvo para as ações da Usiminas é de R$ 14, valor % acima do último fechamento. 

"Os estoques de aço chineses estão na mínima em anos, a demanda é resiliente e os preços dos insumos (minério e carvão) continuam aumentando - uma combinação que deve continuar impulsionando os preços de aço no curto prazo. Do ponto de vista estrutural, também há espaço para mais otimismo em relação ao setor - como a China continuando cortando o excesso de capacidade de aço (as taxas operacionais devem superar 80% em 2019) e as exportações de aço de baixo preço estão significativamente reduzidas (queda de 50% dos picos)", disseram os analistas em relatório enviado a clientes. 

Quer investir em ações? Clique aqui e abra sua conta na XP

Contato