Em negocios

Empreendedor é mais feliz, mesmo sem ganhar muito dinheiro

Pesquisa da Wharton School of Business, da Universidade da Pensilvânia, entrevistou 11 mil ex-alunos do curso de MBA

SÃO PAULO - Ser empreendedor pode trazer mais felicidade do que ter um emprego fixo. Essa dado foi mostrado no estudo da Wharton School of Business, da Universidade da Pensilvânia, nos Estados Unidos.

A pesquisa foi feita com 11 mil egressos do programa de MBA da Wharton, pedindo que eles classificassem sua felicidade de acordo com sua carreira, seu trabalho atual e o equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal.

O levantamento mostra ainda que este grupo não era voltado para o empreendedorismo, no entanto, durante o curso cerca de 20% dos formandos abriram seu próprio negócio. A maior surpresa para os pesquisadores foi descobrir que mesmo sem ganhar muito dinheiro, aqueles que abriram seu próprio negócio estavam mais felizes.

O estudo mostra ainda que 56% dos entrevistados que abriram seu próprio negócio tinham empresas lucrativas. No entanto, esse dado não alterou a felicidade dos empreendedores.

“Ficamos surpresos de o empreendedorismo ser um fator tão dominante”, disseram os professores Ethan Mollick e Matthew Bidwell, autores da pesquisa, ao site The Street. O levantamento mostra também que o empreendedorismo cada vez mais faz parte dos projetos dos alunos, com pessoas alternando entre abrir seu próprio negócio e trabalhar para os outros.

 

microempresa - pai e filho - empreendedorismo
(Getty Images)

Contato