Em negocios / como-vender-mais

Comercial da Audi na China é criticado e chamado de machista

A Audi pronunciou-se dizendo que "a campanha não corresponde aos valores da companhia de nenhuma forma"

Comercial da Audi
(Reprodução/YouTube)

SÃO PAULO – O novo comercial da Audi para a China, que anuncia seu serviço de venda de automóveis usados, foi criticado por internautas da rede social chinesa Weibo por ser machista ao comparar carros com mulheres.

Na campanha, de 30 segundos, é apresentada uma cerimônia de casamento que é interrompida para que a mãe do noivo “avalie” e examine a noiva para confirmar se ela pode casar-se com seu filho, deixando todos os convidados preocupados. Ela examina dentes, olhos e até braços e, somente após ela dar sua aprovação, a cerimônia continua.

Logo em seguida, o comercial traz um carro da Audi andando pelas ruas com uma narração “uma decisão importante deve ser feita com muito cuidado” e a promoção do serviço da empresa de venda de carros usados com certificado emitido pela própria Audi. Ele finaliza com a frase “apenas com o certificado oficial você pode ter certeza”.

No aplicativo de mensagens WeChat e na Weibo, rede social chinesa, a campanha foi criticada e a expressão “carro usado da Audi” foi mencionada por mais de um milhão e meio de pessoas.

A Audi pronunciou-se dizendo que “a campanha não corresponde aos valores da companhia de nenhuma forma”, afirmando também que vai investigar a concepção da campanha para garantir que o erro não se repita.

Assista a seguir ao comercial: 

Contato