Em minhas-financas

XP realiza investimento social privado para patrocinar bolsas de estudos para famílias de baixa renda

O objetivo é que até o final de 2018 cerca de 800 crianças sejam beneficiadas em cidades que tenham baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo

Guilherme Benchimol
(divulgação)

SÃO PAULO - A XP Investimentos iniciou em abril seu maior investimento social em parceria com o Instituto da Criança, referência em gerenciamento de projetos de responsabilidade social no Brasil. O projeto Educação Garantida oferecerá financiamento de 100% de bolsa de estudo em escolas privadas para crianças de 6 a 11 anos de idade que estejam no ensino Fundamental I.

O objetivo é que até o final de 2018 cerca de 800 crianças sejam beneficiadas em cidades que tenham baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. O projeto será focado em famílias que estejam em situação de dificuldade financeira, com renda mensal inferior a 3 salários mínimos.

“Esperamos que essa iniciativa possa inspirar outras empresas a seguirem caminhos semelhantes, ajudando a diminuir a desigualdade social em nosso país. A despeito de todas as dificuldades que nos cercam, temos que fazer a nossa parte para construirmos um país melhor”, disse Guilherme Benchimol, CEO do Grupo XP.

“Responsabilidade social é a consciência do dever em retribuir as condições favoráveis que se possui a favor daqueles que almejam oportunidades", disse o  empreendedor social Pedro Werneck, presidente do Instituto da Criança. O propósito do projeto é proporcionar um desenvolvimento educacional de qualidade para crianças em vulnerabilidade social evitando a evasão escolar. Segundo o IC a definição foi pautada em três grandes linhas que estão em processo de implementação na sociedade.

 A primeira delas é o ajuste de Lei referente a obrigatoriedade escolar a partir de 04 anos de idade. A segunda é a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), um documento que estabelece conhecimentos e habilidades que todos os alunos devem desenvolver. E a última linha é a implementação de um dos ODS’s - Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU - Organização das Nações Unidas que propõe o ensino de maneira igualitária a homens e mulheres e a todos os jovens em situação de vulnerabilidade.

Contato