Quer economizar? Veja 11 maneiras de eliminar gastos extras a partir de hoje

Algumas mudanças no cotidiano podem ajudar você a sair do sufoco; saiba quais são elas

 06 jun, 2014 13h14
Luiza Belloni Veronesi

SÃO PAULO - Em tempos difíceis qualquer mudança no dia-a-dia pode lhe ajudar a sair do sufoco. O Business Insider enumerou algumas maneiras de eliminar gastos a partir de hoje mesmo. Confira abaixo como fazer isso:

1. Verifique a nota fiscal
Assim como você controla os gastos e rendas na sua conta bancária, por que não conferir na nota fiscal os preços e produtos em cada compra? Muitos supermercados e demais lojas podem computar produtos a mais ou preços diferentes dos anunciados, e você acabar pagando sem saber.

2. Faça você mesmo serviços domésticos
A menos que você tenha alguma restrição de saúde, quando as contas apertam, uma boa alternativa é eliminar serviços que podem ser realizados por você mesmo, como de empregado doméstico, motoristas, jardineiro, entre outros.

3. Deixe o seguro de celular
Quantas vezes você já acionou o seguro do seu celular? Muitas pessoas aderem a um seguro mais barato que tem baixa cobertura. Resultado: você paga pelo serviço e só vai usá-lo uma ou duas vezes ao ano – ou nem isso.

4. Elimine serviços/produtos que você não usa
Quem nunca comprou um produto ou assina um serviço que nunca utilizou? Há provavelmente diversas coisas que você pode parar de pagar por agora, como renovações de assinaturas de revista, ou vender produtos praticamente sem uso, como aquela roupa q nunca saiu do armário, a máquina fotográfica que foi substituída pela câmera do celular, entre outros itens.

5. De olho em tarifas bancárias
Verificar o quanto você gasta ao mês, semestre ou ao ano em tarifas bancárias é um bom indicador se o banco está corroendo suas finanças. Se discordar dos valores pagos, busque outros bancos que ofereçam tarifas mais atrativas.

6. Reduza os valores das contas de casa
Quando você sair de algum cômodo de sua casa, não se esqueça de desligar a luz e a televisão (ou qualquer outro eletrodoméstico ligado). Outra dica simples de economia doméstica é reduzir o tempo do banho, lavar roupas menos vezes por semana e fechar a torneira quando estiver escovando os dentes ou ensaboando a louça. Afinal, não há nenhuma razão para pagar por serviços que você não está usando.

7. Troque serviços pagos por gratuitos
A internet trouxe diversas facilidades e, é claro, novos jeitos de economizar. Softwares pagos, como Microsoft Office, podem ser substituídos pelo Google Docs, por exemplo, que oferece os mesmos programas (Word e Excel) gratuitamente na internet. Antes de assinar algo, pesquise na internet se alguma empresa oferece serviços similares, só que gratuitos.

8. Compre um filtro
Comprar água em galão é um dos maiores desperdícios de dinheiro. Se está em dúvida, coloque na ponta do lápis o quanto você gasta com este item e o quanto gastaria comprando um filtro.

9. Garantias estendidas
Especialistas ouvidos pelo Business Insider afirmam que contratar garantia estendida simplesmente não vale à pena. Isso porque, segundo eles, pesquisas mostram que os produtos mais vendidos com esse tipo de seguro raramente apresentam defeitos durante a cobertura.

10. Aposente seu telefone fixo ou fax
Faça as contas e veja se você realmente precisa de um telefone fixo em casa se você pode substituí-lo pelo celular. Afinal, quantas ligações você faz e recebe no celular e no telefone por dia?

11. Leia seu jornal pelo tablet ou celular
Se você tem um smartphone ou tablet, por que não trocar a assinatura de jornal para o digital? Além de a assinatura digital costumar ser mais barata que a versão impressa, ler num tablet é mais prático e sustentável.

COMENTÁRIOS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Contato