Em mercados / politica

Candidatura de Luciano Huck entra de vez no radar e anima investidores e partidos

Apresentador tornou-se assunto central em conversas de analistas e partidos, por representar o pensamento liberal na economia e também por sua potencial força no Nordeste

SÃO PAULO - Em meio a conversas com DEM e PPS, uma eventual candidatura do apresentador Luciano Huck à presidência em 2018 passou a entrar no radar de investidores, analistas de mercado e de diversos partidos, aponta a coluna Painel, da Folha de S. Paulo

Na última semana, o apresentador tornou-se assunto central em conversas de analistas, uma vez que ele representaria o pensamento liberal para a economia, sem conservadorismo nos costumes. No mundo político, aponta a publicação, o movimento é semelhante, uma vez que pesquisas que chegaram a ele e a partidos indicam forte potencial de voto no Nordeste.

O jornal ressalta que Luciano Huck tem feito  uma série de reuniões reservadas com alguns dos mais influentes empresários e economistas do país, sempre ouvindo mais do que falando. Ele não evidencia intenção de ser candidato, mas diz que quer conhecer projetos para o país. Nas reuniões, o apresentador costuma contar experiências em tom motivacional, diz que a vida é dividida em fases e que chegou o momento de “retribuir” o que recebeu do Brasil. Ele também pede análises sobre nomes que estão cotados ao Planalto, como de Geraldo Alckmin e de João Doria (ambos do PSDB de São Paulo).

Além disso, em conversa com publicitários, ouviu que tem apelo entre os mais pobres e que não precisaria antecipar a campanha, tendo condições de se apresentar em cima da hora por ser extremamente conhecido. 

Luciano Huck
(Facebook/Arquivo Pessoal)

Contato