Em mercados / politica

"As garras dos golpistas tentam rasgar a história de um herói", diz Dilma sobre a condenação de Lula

Ex-presidente afirmou que decisão foi "um escárnio" e que Lula é inocente

SÃO PAULO - "Um escárnio". Assim definiu a ex-presidente, Dilma Rousseff, sobre a condenação de Luiz Inácio Lula da Silva a 9 anos e meio de prisão pelos crimes de lavagem de dinheiro e corrupção passiva por Sérgio Moro.

Através de seu site oficial, Dilma afirmou que a condenação foi sem provas e "fere profundamente a democracia". Segunda ela, Lula está sendo perseguido e garantiu: "as garras dos golpistas tentam rasgar a história de um herói do povo brasileiro. Não conseguirão".

"Lula é inocente. E o povo brasileiro saberá democraticamente resgatá-lo em 2018. Nós iremos resistir", finalizou Dilma utilizando o mesmo tom da nota oficial emitida pelo PT.

Dilma Lula PT
(Site do PT)

Contato