Em mercados / politica

Pesquisas mostram aprovação de Dilma despencando a um dígito, segundo Veja e Globo

Números são de pesquisas internas, ou trackings, realizadas pelo governo, o que ligou a "luz vermelha" no Palácio do Planalto

SÃO PAULO - De acordo com informações de colunistas da Veja e do jornal O Globo, pesquisas internas do governo mostram que a aprovação do governo Dilma Rousseff teve uma drástica queda e chegou a menos de um dígito. 

De acordo com o colunista Merval Pereira, do O Globo, as medições diárias indicam que o índice de avaliação boa/ótima despencou, sendo que é "menor do que o índice de popularidade do ex-presidente Collor seis meses antes de a Câmara dos Deputados autorizar o processo de impeachment". Collor chegou a 15% de avaliação positiva naquela época depois de ter tido no início do seu governo a expectativa de 71% da população de que faria um governo bom/ótimo.

Já segundo Joice Hasselman, da Veja, as pesquisas internas indicam que a aprovação de Dilma chegou aos 7%, o que teria acendido a "luz vermelha e não mais a amarela" no Palácio do Planalto, até por conta das pesquisas terem sido feitas antes das manifestações anti-Dilma de 15 de março.

Expectativa por Ibope
Vale ressaltar que, na terceira semana de março, o instituto de pesquisa Ibope fará pesquisa para avaliar a popularidade da presidente Dilma Rousseff. Assim, o instituto irá a campo depois do discurso de Dilma, que foi bastante criticado por alguns setores da sociedade e marcado pelo "panelaço", assim como avaliará o impacto das manifestações do próximo dia 15 de março.

Segundo informações do jornal Valor Econômico, a pesquisa pode será revelada na última semana de março. A pesquisa foi encomendada pela CNI (Confederação Nacional da Indústria).

Em dezembro, a CNI/Ibope divulgou a sua primeira pesquisa de avaliação da presidente da República Dilma Rousseff após as eleições, mostrando uma melhora na avaliação da presidente. A avaliação boa/ótima do governo teve aprovação de 40%, oscilando positivamente ante uma aprovação de 38% em setembro, dentro da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Já a última pesquisa de avaliação do governo Dilma, feita pelo Datafolha em fevereiro, a aprovação de Dilma mostrou queda. O número de pesquisados que avaliavam o governo Dilma como ótimo/bom caiu de 42% em dezembro para 23%, em um momento em que a Petrobras enfrenta uma grave crise e integrantes do PT são relacionados na Operação Lava Jato, além das piores perspectivas para a economia. Já o percentual dos que veem o governo dela como ruim/péssimo saltou de 24% para 44%.

Dilma pensativa - 29/11/12
(Ueslei Marcelino/Reuters)

Contato