Em mercados / politica

Trabuco rejeitou convite e Meirelles pode estar mais perto da Fazenda, diz Valor

Segundo reportagens do jornal, resistência de Dilma Rousseff ao nome do ex-presidente do Banco Central está menor

SÃO PAULO - O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles pode estar mais perto do Ministério da Fazenda, de acordo com informações do Valor Econômico. 

De acordo com a reportagem, a resistência de Dilma Rousseff diminuiu para colocar Meirelles na Fazenda, ideia que até então ela era contrária por dificuldades de relacionamento. E, por isso, defendia um nome do mercado  como o de Luiz Carlos Trabuco, presidente do Bradesco, que sinalizou desinteresse. Trabuco chegou a ser convidado ao cargo, segundo o jornal, mas não aceitou.

Com a negativa do presidente do Bradesco, Nelson Barbosa ficou isolado no páreo. Porém, Dilma teria cogitado melhor Meirelles, preferido do ex-presidente Lula, nos dias em que esteve de folga na Bahia.

Os novos nomes não serão conhecidos antes da Cúpula do G-20, nos dias 15 e 16, na Austrália, que será o palco para a despedida do atual ministro da Fazenda, Guido Mantega.

Henrique Meirelles
(Divulgação/ evento)

Contato