Em mercados

Os preferidos: Bill Gates faz lista de livros e coloca dica de Buffett como melhor

Apesar de estar esgotado no formato físico, dica do megainvestidor é apontado como o melhor livro sobre negócios; na lista ainda há um livro sobre do ex-secretário do Tesouro, Timothy Geithner

SÃO PAULO - "Se você está procurando algo para ler durante as férias, eu recomendaria qualquer um dos livros abaixo", assim começa a apresentação da lista das obras preferidas do bilionário Bill Gates em seu site pessoal. Todo ano o fundador da Microsoft dedica algum tempo para fazer uma lista dos livros que mais gostou de ler ultimamente, e este mês ele divulgou a nova lista, composta por 6 obras que ele considera "profundamente informativas" e "lindamente escritas".

Com indicação do também bilionário Warren Buffet e de sua esposa Melinda Gates, Bill Gates afirma que leu todos os livros no início do ano, com exceção de "O Projeto Rosie", que é o que ele considera uma "típica leitura de praia".

Lendo um livro por semana, Bill Gates apresenta em seu site, além de sua recente lista, as mais diversas obras lidas por ele durante os últimos anos; de acordo com ele, o site é um "blog pessoal para falar sobre pessoas que conhece, livros que lê e sobre o que está aprendendo". Entre os livros que chamam atenção está a ficção juvenil "Jogos Vorazes", além das biografias de Steve Jobs e do tenista Andre Agassi.

Confira abaixo as 6 obras e os comentários do fundador da Microsoft:

1. Business Adventures, por John Brooks
"Warren Buffett me recomendou este livro em 1991 e este ainda é o melhor livro de negócios que eu já li. Mesmo que Brooks o tenha escrito quatro décadas atrás, ele apresenta ótimas sacadas atemporais de fundamentos de negócios, como o desafio de construir uma grande organização, contratando pessoas com as habilidades certas, além de ouvir o feedback dos clientes. Ele também é um habilidoso contador de histórias. Eu gostaria que todos os livros de negócios tivessem metade da qualidade deste aqui". Vale destacar que esta obra não está mais disponível (nem em inglês) em sua versão imprensa, apenas como e-book.

2. Stress Test, de Timothy F. Geithner
"A ironia central de Stress Test é que o cara que foi acusado de ter sido um mau comunicador como Secretário do Tesouro Americano escreveu um livro tão bom. Geithner pinta um ótimo retrato humano de como é lutar contra uma crise financeira global ao mesmo tempo em que luta contra críticas dentro e fora da Administração do governo, enquanto sente uma culpa severa em relação à sua quase total ausência na família."

3. The Bully Pulpit: Theodore Roosevelt, William Howard Taft, and the Golden Age of Journalism, de Doris Kearns Goodwin
"Eu li muito sobre Teddy Roosevelt no ano passado, quando eu e Melinda levamos as crianças para o Canal do Panamá. Ele foi essencial para a construção do canal, e eu tinha assumido que aquilo tinha sido o ponto alto de sua carreira. Mas não foi. O livro é um testamento sobre a criação e profundeza das conquistas de Roosevelt. Existem muitos materiais fascinantes competindo por espaço, desde o relacionamento de Roosevelt com a imprensa e sua amizade com William Howerd Taft, até seu esforço no combate à corrupção e à reforma do sistema político."

4. O Projeto Rosie, de Graeme Simsion
"Melinda leu este romance no início deste ano, e ela amou tanto que ficava repetindo algumas passagens para mim. Eu comecei a ler às 23h de um Sábado e fiquei acordado até às 3h da manhã lendo. Qualquer pessoa que ocasionalmente seja muito racional vai se identificar com o heroi, um professor de genética com Síndrome de Asperger que procura por uma mulher. (Melinda achou que eu gostaria particularmente das partes em que ele fica um pouco obcecado demais em otimizar a sua agenda. Ela estava certa). É um livro engraçado e profundo sobre estar confortável com quem você é e com o que você é bom em fazer. É um dos romances mais divertidos que eu li em um bom tempo."

5. The Sixth Extinction: An Unnatural History, de Elizabeth Kolbert 
"A mudança climática é um grande problema - um dos maiores que enfrentaremos neste século - mas não é a única preocupação ambiental no horizonte. Os humanos estão colocando quantidades enormes de concreto, movendo espécies ao redor do planeta, pescando demais e acidificando os oceanos, mudando a composição química dos rios, e mais. Cientistas apontam que houve cinco eventos de extinção na história da Terra (pense no asteroide que acabou com os dinossauros), e Kolbert faz um relato constrangedor de que a atividade humana está nos levando para o sexto evento."

6. Reinventing American Health Care: How the Affordable Care Act will Improve Our Terribly Complex, Blatantly Unjust, Outrageously Expensive, Grossly Inefficient, Error Prone System, por Ezekiel  J. Emanuel
"Um dos arquitetos do Ato de Cuidado Acessível (também conhecido como Obamacare) explica o motivo de o sistema de saúde norte-americano precisar de uma reforma e como o Obamacare resolveria os problemas. Ainda que ele esteja profundamente envolvido na criação da reforma, Emanuel é bom em deixar claro sobre quando ele está lhe educando sobre a história do sistema de saúde e quando ele está defendendo as suas ideias."

Bill Gates - Bloomberg
(Jin Lee/Bloomberg )

Contato