Em mercados / bitcoin

Rivais de Zuckerberg e bolsa dos EUA firmam parceria para lançar contratos futuros de Bitcoin

Moeda ganha força no final da tarde e volta mirar sua máxima histórica

Bitcoin
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Depois da queda verificada no começo da tarde, o Bitcoin voltou a ganhar força no final do dia e às 19h02 (horário de Brasília) operava em alta de 3%, aos US$ 11.480, muito próximo da máxima histórica cravada em US$ 11.842, refletindo o anúncio da CBOE Futures Exchange que iniciará as negociações dos contratos futuros da criptomoeda em 10 de dezembro, seguindo os passos da CME (Chicago Mercantile Exchange) na semana passada.

"Dado o interesse sem precedentes pelo Bitcoin, é vital fornecer aos clientes as ferramentas necessárias para negociação e proteger (hedge) sua exposição", disse o presidente do CBOE, Ed Tilly, após o anúncio. Os futuros de Bitcoin serão negociados sob o símbolo “XBT” e o serviço será inicialmente de graça. Durante o final do semana, rumores apontavam que a bolsa de futuros poderia lançar, além de Bitcoin, contratos futuros de Bitcoin Cash e Ether.

De acordo com o comunicado enviado pela CBOE, os contratos futuros serão liquidados com base nas cotações fornecidas pela corretora de Bitcoins Gemini, cujos donos são os gêmeos Cameron e Tyler Winklevoss, que se tornam os primeiros bilionários do Bitcoin (veja mais aqui). "Desenvolver um mercado de derivativos regulado é o próximo passo para avançar no mercado de criptomoedas. Trabalhamos durante anos para construir a infraestrutura necessária para expandir o mercado e as notícias de hoje são um marco significativo ", afirmou Tyler Winklevoss, CEO da Gemini.

Na última sexta-feira, a bolsa de Chicago confirmou que iniciará as negociações do ativo em 18 de dezembro, ratificando os rumores do mês passado. "Estamos felizes em trazer os contratos futuros de Bitcoin após muito trabalho em conjunto com a CFTC e os participantes do mercado para projetar uma oferta regulamentada que proporcionará aos investidores transparência", disse Terry Duffy, CEO da CME.

Workshop Online Gratuito - Para onde vai a Bolsa, o dólar e o Bitcoin em 2018?

Na mesma linha, crescem ainda mais os rumores de que a Nasdaq também lançará contratos futuros da criptomoeda no primeiro semestre do ano que vem, já que houve o concesso do órgão regulador. Com o lançamento destes ativos, o mercado deve mudar drasticamente, ganhando muita força já que dá ainda mais segurança para quem quer investir em Bitcoin, o que automaticamente eleva a demanda pela moeda digital.

Contato