Em mercados / bitcoin

Bitcoin dobrou de valor em 2017, mas uma "moeda rival" já disparou mais de 2.000%

Enquanto o bitcoin acumula ganhos de cerca de 140% este ano, o Ether já disparou 2.300% no mesmo período

SÃO PAULO - O noticiário recente tem dado bastante destaque para a disparada do preço do bitcoin, que segue quebrando recordes históricos todos os dias e já supera os US$ 2.300, dobrando seu valor desde o início do ano. Porém, pouco se tem falado de uma outra moeda digital, o Ether, que acumula ganhos de mais de 2.300% no mesmo período.

Em 1º de janeiro, o bitcoin era negociado em US$ 1.003, enquanto nesta quarta-feira (24) o preço da moeda digital chegou a US$ 2.337, segundo o CoinDesk, o que representa um ganho de 137% em menos de 5 meses. No mesmo período, porém, o Ether saltou de US$ 8,24 para US$ 203,30 de acordo com dados do Coinmarketcap.com, uma alta de 2.367% no acumulado do ano.

O Ether funciona com uma tecnologia chamada Ethereum, que é um tipo de blockchain diferente do utilizado no bitcoin. O que mais tem atraído investidores é o uso desta tecnologia nos chamados aplicativos de contratos inteligentes.

Um contrato inteligente é um programa de computador que pode executar automaticamente os termos de um contrato quando certas condições são atendidas, reduzindo o envolvimento humano para concluir um negócio. O Barclays, por exemplo, usa esta tecnologia para negociar derivativos.

Com esta diferença, enquanto o bitcoin vem ganhando apoio de certos governos e investidores, o Ether tem sido apoiado por empresas que desejam usar a tecnologia para aplicações de contrato inteligentes. Entre as empresas envolvidas em projetos para uso deste tipo de tecnologia estão o JPMorgan, Microsoft e Intel.

Mesmo assim, não há unanimidade de que o rali do Ether irá continuar por muito tempo. Em entrevista para a CNBC, o trader de bitcoin Jason Hamilton se mostrou preocupado com a possibilidade de clonagem das tecnologias como Ethereum e o Blockchain.

"As pessoas estão comprando um blockchain específico, mas os grandes interesses estão na tecnologia. Eles provavelmente vão fazer seus próprios clones e os Ether que todo mundo está comprando não será usado para muito além de negociação", disse. "Eu não costumo investir em Ether. Tenho medo de que a bolha estoure, mas ela poderia continuar a borbulhar por muito tempo ainda", completou.

Bitcoin
(ShutterStock)

Contato