Em mercados / analise-tecnica

Petrobras em um ponto crítico para os comprados e duas empresas "premiums" oferecendo compra

Aliakyn Pereira também avalia a situação das ações da Vale

SÃO PAULO - Assim como o cenário político, o Ibovespa chega ao final do ano sem uma definição no curtíssimo prazo. Consolidado entre 75.100 e 70.850 pontos, o índice somente ganhará volatilidade no rompimento de um dos extremos e para Aliakyn Pereira de Sá, analista técnico da XP Investimentos, a probabilidade maior fica por conta da superação da resistência, abrindo caminho para o topo histórico em 78.024 pontos.

Com relação as principais blue chips do mercado, Vale (VALE3) e Petrobras (PETR4) vivem momentos distintos em termos gráficos. Para a mineradora, Aliakyn está bastante otimista e vê um potencial de valorização de 7% caso supere a última máxima em R$ 37,40. Já para a estatal, a situação é crítica, pois a perda dos R$ 15,00 abre caminho para uma correção até a faixa de R$ 14,00.

Clique aqui para entender mais sobre análise técnica e como utilizar essa ferramenta para obter ganhos no mercado financeiro

Para quem está em busca de boas oportunidades para começar 2018 com o "pé direito", o analista da XP Investimento, que está todos os dias ao vivo na Arena do Investidor, recomenda compra das ações de RD (RADL3) e Hypermarcas (HYPE3), empresas "premiums" da bolsa. Confira tudo isso nos dois blocos do Visão Técnica desta sexta-feira (15):

Bloco 1: Os pontos que vão definir o rumo do mercado e o que esperar para as principais blue chips

Bloco 2: Duas recomendações "premiums" e veja como aprender mais sobre análise técnica

Quer saber mais sobre análise técnica? Confira o conteúdo elaborado por Aliakyn Pereira

Contato