Em mercados / acoes-e-indices

Coincidência? Investidores estrangeiros vendem R$ 471 milhões um dia antes das delações da JBS

Já na quinta-feira, dia do pior pregão para o mercado desde 2008, o fluxo ficou positivo em R$ 190 milhões

Trader - operador - Bolsa
(Bloomberg)

SÃO PAULO – Mais uma coincidência sobre a última quinta-feira (17) veio à tona. Depois da suposta compra de dólares feita pela JBS (JBSS3), a venda de R$ 242,3 milhões por parte dos controladores da empresa e o caso do fundo JGP, desta vez é a atuação dos investidores estrangeiros na B3 que chama a atenção.

Segundo dados compilados no Terminal Bloomberg, um dia antes do pior pregão do Ibovespa desde 2008, as vendas de ações por parte dos investidores estrangeiros superaram as compras em R$ 471,5 milhões na B3. Esse foi o maior fluxo de saída registrado neste mês (entre 02/05 e 18/05) e interrompeu uma sequência de seis pregões consecutivos de compras, o que chama bastante atenção.

E na quinta-feira, enquanto muitos corriam para zerar suas posições e sair do mercado, os estrangeiros aproveitaram a sangria no mercado brasileiro para comprar. No dia que foi acionado o circuit breaker, o fluxo foi positivo em R$ 190 milhões. Vale lembrar que a B3 atingiu a marca histórica de 3.107.723 negócios no segmento Bovespa na última quinta-feira, sendo que o recorde anterior era de 2.582.718 negócios em 27/10/2014.

Na ponta compradora
No pior pregão do Ibovespa desde outubro de 2008, os "gringos" aumentaram em quase 150% o saldo líquido nos contratos futuros do índice. A posição líquida dos estrangeiros em contratos futuros do índice saltou em 143,7% entre os dias 17 e 18 de março, atingindo a marca de 117.740 contratos em aberto, a maior registrada desde março de 2016, segundo informações do site Dados da Bolsa. 

Embora não seja possível concluir por esses dados que esses investidores compraram ou simplesmente zeraram suas posições vendidas, informações do Terminal Bloomberg apontam que houve sim um crescimento das posições compradas. O saldo em contratos futuros em posições compradas aumentou em 14,4% de um dia para o outro, enquanto as posições vendidas reduziram em 30,9%.

Contato