Em mercados / acoes-e-indices

Entenda o "boom" das ações das construtoras em 2017; PDG dispara 174% em 12 pregões

Nesta sessão, 3 ações do setor voltam a subir mais 20%, após a ata do Copom reforçar o "call" de juros mais baixos em 2017

SÃO PAULO - As construtoras voltam a dar alegria aos investidores na BM&FBovespa nesta terça-feira (17). Embora temido pela parte mais conservadora do mercado, o setor tem chamado atenção neste início de ano devido às fortes valorizações, que atingem em alguns dias ganhos acima de 20%. 

O pregão desta terça não foge à regra e 3 ações do setor registravam às 12h30 (horário de Brasília) valorização acima de 20%: PDG Realty (PDGR3, R$ 3,26, +24,90%), Viver (VIVR3, R$ 2,55, +24,39%) e Rossi (RSID3, R$ 5,58, +20,26%).

Embora considerado de "alto risco", o setor tem ganhado o holofote do mercado em meio às projeções de juros em queda livre, reforçadas nesta manhã pela divulgação da ata do Copom (Comitê de Política Monetária). 

Vale destaque que, dado à forte valorização dos últimos dias, as ações da PDG Realty e Rossi acumulam nesses 12 pregões de 2017 valorizações de 173,95% e 106,67%, respectivamente.   

Entenda abaixo o "boom"das construtoras em 2017:

Veja mais: Quais ações comprar na Bolsa com a Selic em queda livre?

Contato