Ibovespa cai pelo 5º dia com "colapso do petróleo" e renova mínima em 7 anos

Após subir 0,8% na máxima, índice virou com derrocada de mais de 8% da dupla Petrobras e Vale

 12 jan, 2016 13h47 - Atualizada em 18h34
painel-bolsa
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Depois de ensaiar um pregão positivo no começo do dia, com máxima de 0,78% de alta, o Ibovespa cedeu à pressão do pessimismo dos mercados e conheceu sua nona queda em dez sessões nesta terça-feira (12), ao terminar o dia com variação negativa de 1,09%, a 39.513 pontos, em seu menor fechamento desde 17 de março de 2009 (38.607 pontos). Foi o quinto dia seguido de quedas para o índice. O movimento negativo foi mais intenso que o visto nas bolsas americanas, muito por conta da derrocada das ações da dupla Petrobras (PETR3; PETR4) e Vale (VALE3; VALE5). O giro financeiro negociado na Bovespa foi de R$ 4,75 bilhões. Já o dólar comercial fechou em leve queda de 0,16%, cotado a R$ 4,0452 na venda.

Do lado da estatal, a queda dos preços do petróleo atrapalha a política de preços da companhia, assim como relatório do banco Credit Suisse, que elencou 10 desafios para o futuro da estatal. Afora os Estados Unidos, as bolsas internacionais tiveram um dia de alívio com a China, Na Europa, o principal índice acionário – FTSEurofirst – fechou com alta de 1,05%, aos 1.349 pontos, interrompendo quatro sessões de queda, impulsionado por informações vindas de varejistas.

Segundo o trader da H. Commcor, Ari Santos, o cenário que já não estava tão bom, com alguns relatórios trazendo projeções bem pessimistas para Petrobras e petróleo, piorou durante a tarde. "O Ibovespa estava esperando abertura dos EUA. Depois que lá abriu e os índices começaram a perder força, o Ibovespa veio abaixo junto", afirma. As ações da Petrobras aceleraram perdas conforme o petróleo intensificava queda.

Em linha com a forte desvalorização da commodity, os bancos Morgan Stanley e Barclays cortaram projeção para a commodity para US$ 20 e US$ 23, respectivamente. O Morgan justificou a decisão pondo a conta na indefinição quanto à demanda chinesa e na volta do Irã ao mercado do lado da oferta depois de anos de restrições por conta das sanções internacionais ao seu programa nuclear.

Com isso, os barris do petróleo tipo Brent e WTI registraram perdas entre 1,5% e 2,7%. O segundo tipo da commodity chegou a operar abaixo dos US$ 30,00, menor patamar desde dezembro de 2003. Em linha com o degelo das matérias primas no mercado, o índice de commodities da Bloomberg atingiu seu menor nível desde 1991.

Já no mercado de juros futuros, o DI para janeiro de 2017 cai 9 pontos-base a 15,52%, ao passo que o DI para janeiro de 2021 registra perdas de 6 pontos-base a 16,32%. Segundo Daniel Ximenes Almeida, trader do Daycoval, o movimento dos DIs pode ser uma reação do mercado à fala do jornalista Fernando Rodrigues na Jovem Pan. Rodrigues disse que o governo está se articulando nos bastidores para que o Banco Central não eleve a Selic na reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) de 20 de janeiro.

Destaques domésticos
Já no ambiente doméstico também deve consta no radar do investidor o reajuste das aposentadorias acima da inflação. Com isso, os cerca de 10 milhões de aposentados, pensionistas e segurados do INSS que ganham acima do salário mínimo (R$ 788) terão reajuste de 11,28% este ano, acima dos 10,67% registrados pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo), medido pelo IBGE. A correção, equivalente à variação do INPC de 2015. A portaria do governo também estabeleceu que o teto da Previdência Social para 2016 é de R$ 5.189,82, superior ao de 2015, fixado em R$ 4.663,75. A decisão elevará as despesas da Previdência Social em R$ 21,5 bilhões.

Seguindo a linha de propostas para estimular o crescimento que devem ser anunciadas ainda este mês, o governo discute a criação de linhas de crédito em bancos públicos para financiamento de capital de giro de empresas exportadoras. A medida foi uma das debatidas nas reuniões da presidente Dilma Rousseff ontem com ministros da área econômica. De acordo com fontes do governo, foram debatidas ainda outras medidas para aquecer a economia, como financiamento de pequenas e médias empresas e do setor da construção civil.

Os jornais também destacaram novas falas do ex-diretor internacional da Petrobras, Nestor Cerveró, que afirmou que Luiz Inácio Lula da Silva lhe indicou ao cargo de diretor da BR Distribuidora em 2008 como agradecimento pelo apoio para quitar um empréstimo de R$ 12 milhões do PT com o Banco Schahin.

Ainda na agenda política do dia, deputados do DEM e do PPS apresentaram requerimento para levar o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, à CPI dos Fundos de Pensão na Câmara dos Deputados, após suposta denúncia que aponta para a atuação do ex-governador da Bahia na intermediação de negócios da OAS com fundos de pensão.

Por fim, ganhou destaque também a notícia de que os advogados que cuidam das ações que podem levar às cassações dos mandatos da presidente Dilma Rousseff e do vice-presidente, Michel Temer, pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) afirmaram que devem elaborar uma estratégia de defesa conjunta. A convocação de novas eleições, afinal de contas, seria prejudicial para ambos.

Ações em destaque
As ações da Petrobras (PETR3, R$ 7,00, -7,65%; PETR4, R$ 5,53, -9,20%) caíram forte com uma avalanche de notícias. O CEO da empresa, Aldemir Bendine, alerta para dificuldades frente à desvalorização do petróleo. Também no radar esteve o reinício de cobertura dos papéis pelo Credit Suisse, com recomendação de venda. O banco suíço elenca 10 desafios que a estatal tem que superar nos próximos anos, mas que, apesar da gestão da empresa parecer comprometida com a desalavancagem e seu plano de negócios, os desafios são muito grandes e muitos dos quais não estão no controle da empresa. Diante disso, os analistas indicaram um preço-alvo de US$ 2,00 para o ADR (American Depositary Receipts) da Petrobras para o final de 2016, representando um potencial de desvalorização de 46%.

Somando-se a isso, segundo o Estado de S. Paulo, um erro de cálculo da Petrobras renderá um rombo de R$ 4,9 bilhões no fundo Petros. Deste valor, a estatal assumiria R$ 1,7 bilhão. Isso ocorreu porque o modelo familiar adotado pelo Petros, que é o mesmo desde 1970, causou uma defasagem nos cálculos, já que houve mudanças relevantes na sociedade como o aumento dos divórcios (com funcionários tendo mais filhos de outros casamentos) e da expectativa de vida e queda.

Os papéis da Vale (VALE3, R$ 9,41, -8,11%; VALE5, R$ 7,26, -8,33%) também despencaram. O minério de ferro spot com 62% de pureza e entrega no porto de Qingdao fechou hoje em queda de 0,29% a US$ 41,19 a tonelada. Algumas gigantes do Ibovespa como Itaú Unibanco (ITUB4, R$ 24,59, +0,45%) e Ambev (ABEV3, R$ 16,98, +1,07%) subiram e evitaram quedas maiores para o índice.

As maiores baixas, dentre as ações que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 PETR4 PETROBRAS PN 5,53 -9,20 -17,46 465,24M
 BRAP4 BRADESPAR PN 3,59 -8,65 -28,06 7,52M
 VALE5 VALE PNA 7,26 -8,33 -29,17 220,63M
 VALE3 VALE ON 9,41 -8,11 -27,78 73,16M
 PETR3 PETROBRAS ON 7,00 -7,65 -18,32 111,85M


As maiores altas, dentre os papéis que compõem o Índice Bovespa, foram:

 Cód. Ativo Cot R$ % Dia % Ano Vol1
 WEGE3 WEG ON 14,80 +4,45 -1,00 29,58M
 HYPE3 HYPERMARCAS ON 21,65 +3,19 -0,28 55,88M
 CCRO3 CCR SA ON 11,70 +2,90 -6,77 50,18M
 SMLE3 SMILES ON 30,20 +2,86 -13,22 13,21M
 CTIP3 CETIP ON 37,70 +2,50 +0,53 105,05M


As ações mais negociadas, dentre as que compõem o índice Bovespa, foram :

 Código Ativo Cot R$ Var % Vol1 Vol 30d1 Neg 
 PETR4 PETROBRAS PN 5,53 -9,20 465,24M 288,18M 49.400 
 ITUB4 ITAUUNIBANCO PN ED 24,59 +0,45 272,07M 433,28M 27.580 
 VALE5 VALE PNA 7,26 -8,33 220,63M 200,99M 47.470 
 CIEL3 CIELO ON 33,47 +0,36 209,46M 160,00M 18.518 
 BBDC4 BRADESCO PN EJ 17,43 -0,57 200,35M 242,77M 24.216 
 ABEV3 AMBEV S/A ON 16,98 +1,07 162,10M 187,94M 18.459 
 BRFS3 BRF SA ON EDJ 50,27 -2,92 146,99M 149,61M 11.324 
 ITSA4 ITAUSA PN 6,51 -1,21 127,71M 120,84M 39.470 
 BVMF3 BMFBOVESPA ON 10,43 -0,67 119,99M 107,32M 20.230 
 BBSE3 BBSEGURIDADE ON 23,23 +1,66 116,38M 123,60M 15.523 

* - Lote de mil ações
1 - Em reais (K - Mil | M - Milhão | B - Bilhão)
 

Bolsas asiáticas
Hoje, o Banco do Povo da China tenta estabilizar o yuan depois da moeda cair aos seus menores níveis desde 2001 na semana passada. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, subiu 0,73%, para 3.215 pontos. Já o índice de Xangai avançou 0,21%, para 3.023 pontos. No restante da Ásia, as ações caíram e continuaram próximas das mínimas de quatro anos, com investidores ainda cautelosos em relação aos voláteis mercados financeiros da China

EUA
O presidente do Federal Reserve de Richmond, Jeffrey Lacker, discursa às 18h15 em Columbia. No entanto, todos os holofotes estarão apontados para o discurso do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, à meia noite.

COMENTÁRIOS

mercados

IBOVESPA
-0,16%

56.783 pts

Última cotação em 26/07/2016 17:15:00
Data Pais Evento Referência Expectativa
27/07
05:30
USA PIB - Reino Unido 2º Trimestre
27/07
09:30
USA Durable Good Orders Junho -1,00
27/07
10:30
USA Nota de Política Monetária e Operações de Crédito Junho
27/07
11:00
USA Pending Home Sales Junho 1,10
27/07
11:30
USA Estoques de Petróleo Semanal

mais eventos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Contato