Ibovespa firma queda; depois da Moody's, S&P ameaça rating do Brasil

De acordo com agência de notícias Broadcast, a S&P destacou que o rating do Brasil pode ser rebaixado em 2014, mesmo antes das eleições; Petrobras e Vale "azedam" e pressionam índice
Por Lara Rizério  
a a a

SÃO PAULO - O Ibovespa firma queda na sessão desta terça-feira e registra perdas de 0,94%, a 50.493 pontos, às 15h19 (horário de Brasília), após registrar boa parte da manhã em alta. Em um dia de ganhos para a maior parte das bolsas mundiais, o benchmark da bolsa brasileira intensifica perdas em meio a um noticiário interno mais negativo.

Após a agência de classificação de risco Moody's manter o rating para a nota de risco brasileira, mas alertar que pode cortar perspectiva se desempenho econômico no 1º semestre frustrar, desta vez a Standard & Poor's ameaçou a nota brasileira, de acordo com a Broadcast. Segundo o diretor responsável por ratings soberanos da S&P, Joydeep Mukherji, o País pode ter rating rebaixado em 2014, mesmo antes das eleições; porém, destacou que, caso haja um rebaixamento, seria de um nível e "não representaria um colapso para o País". E avaliou que não há uma reunião programada dos analistas da agência para discutir a nota do Brasil. Além disso, Mukherji afirmou que não há um fator principal para desencadear o rebaixamento do rating, mas ressaltou que o Brasil tem tido uma deterioração do seu perfil econômico. 

As falas das agências de risco reforçam a percepção negativa com a economia brasileira, em contraponto ao cenário de recuperação norte-americana e de menor pessimismo com a Europa. Vale ressaltar ainda que a Santander Asset Management, braço de gestão de recursos do Santander Brasil, destacou que está voltando os seus olhos em empresas dos EUA, Europa e Ásia, tendo em vista o cenário pouco promissor a papéis brasileiros para 2014.

Já nos EUA, destaque para a agenda econômica e para as falas de líderes do Fed. Enquanto o déficit comercial do país atingiu o menor patamar desde outubro de 2009, o presidente do Federal Reserve de Boston Eric Rosengren destacou em discurso que a redução de estímulos com a compra de estímulos pela autoridade monetária deve ser gradual, uma vez que a economia ainda "está longe de onde precisamos que ela esteja". 

Enquanto isso, o dia foi positivo para as bolsas europeias, que subiam na esteira da queda do desemprego alemão, dos bons dados de venda do setor de automóveis no Reino Unido e em meio às expectativas para as reuniões do BCE (Banco Central Europeu) e do Banco da Inglaterra, na próxima quinta-feira.

Vale e Petrobras com queda de mais de 1%
Como destaque de queda na sessão, estão as ações de duas imobiliárias, Gafisa (GFSA3, R$ 3,55, -3,27%) e MRV Engenharia (MRVE3, R$ 8,06, -3,36%), setor este que liderava os ganhos do Ibovespa mais cedo com a Rossi Residencial (RSID3, R$ 2,00, -1,48%) e da Brookfield (BISA3, R$ 1,12, 0%), que lideravam os ganhos do índice mais cedo em meio ao comentário divulgado pela Fitch na véspera de que deve realizar menos ações de rating no setor imobiliário em 2014 na comparação com os dois anos anteriores, mas que perderam as forças de forma bastante expressiva. As blue chips também registram perdas e pressionam o índice, com a Vale (VALE3, R$ 33,21, -2,58%; VALE5, R$ 30,98, -1,90%) e a Petrobras (PETR3, R$ 15,39, -1,91%; PETR4, R$ 16,33, -1,74%) registrando perdas entre 1,7% e 2,5%, com maiores perdas em meio ao cenário de maior aversão ao risco à economia brasileira. 

Enquanto isso, as ações do setor de varejo seguem com ganhos, guiadas pela revisão de recomendação do banco BTG Pactual para diversas empresas, com destaque para a Lojas Renner (LREN3, R$ 60,06, +1,81%), mas diminuindo os ganhos em relação à máxima do dia, quando registrou ganhos de 3,63%. O BTG elevou a recomendação para os ativos de neutra para a compra e destacou o papel como uma das melhores oportunidades de curto a médio prazo no setor. Já os ativos da Ambev (ABEV3, R$ 17,25, +2,68%) também apresentam um dos melhores desempenhos do Ibovespa com os investidores demonstrando entusiasmo ao dividendo bilionário anunciado pela companhia na noite anterior. 

Já os ativos da Marfrig (MRFG3) têm alta de 2,46%, a R$ 4,17, mantendo a alta após o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) disse na última segunda-feira que a operação de troca de debêntures anunciada pela empresa observou todos os ritos internos de aprovação no banco e não constitui nenhum tipo de favorecimento.

Outras referências econômicas
Mereceu destaque ainda a aprovação no Senado dos Estados Unidos do nome de Janet Yellen para ser a próxima presidente do Federal Reserve. Ela vai substituir Ben Bernanke, cujo mandato encerra no fim deste mês. Atualmente, Yellen é vice do Fed. 

Na Europa, o dia é de ganhos. Os investidores repercutem os dados de inflação na zona do euro, que ficaram em linha com a previsão ao mostrar queda de 1,2% em novembro na comparação com o mesmo período do ano passado para o produtor, enquanto os preços ao consumidor tiveram alta de 0,8% em dezembro, levemente abaixo frente à expectativa de alta de 0,9%, o que impulsiona as bolsas por lá. Vale ressaltar que estes números podem sinalizar os próximos passos de política monetária do BCE (Banco Central Europeu), que fará reunião na próxima quinta-feira (9).

A sessão de alta também é sustentada ainda pelos dados do desemprego alemão, que caiu inesperadamente em base ajustada sazonalmente em dezembro. O número de pessoas sem trabalho caiu em 15 mil, para 2,965 milhões, mostraram os dados, enquanto a taxa de desemprego permaneceu em 6,9%. 

No Reino Unido, os dados de venda de automóveis também mostraram boas notícias, com o número de carros vendidos em 2013 alcançando o maior patamar desde 2007, ao subir 10,8%.

Deixe seu comentário

Renato Nordi (07/01/2014 15:01:19) VALEU DILMÁ E MANTENGA PELO ARREFECIMENTO DA ECONOMIA BRASILEIRA.
Adilson Brito (07/01/2014 15:07:01) A BOVESPA, aprendeu com os Petralhas, mudou a regra, mudou o jeito, tudo pra melhorar os Índices e tirou o que achava de atrapalhava, agora pagando o preço e de quebra com a ajuda dos professores. Enquanto isso a ex X em 2014 corre por fora de 2,90 a 3,62 e eu aqui com o dedão no gatilho, já já eu aperto. Viva 2014.
Roberto Corso Campos (07/01/2014 15:08:36) Cadê o cbonus para falar que isto é influencia do PSDB ou tucanalhas. kkkkkk
Mirella Vinedas (07/01/2014 15:13:22) Os Brasileiros se ferrando e o STF compra carros V6 de R$ 130 mil para ministros.E ainda o governo Cara de pau.Fala em desigualdade social. Merecemos este governo mesmo.
André Pedrosa (07/01/2014 15:15:14) Jogada política dessas agências, junto com a oposição, querem ver se mudam o panorama das eleições brasileiras, já que as manifestações não conseguiram, esse semestre vai ser barra pra bolsa, as coisas só vão melhorar no segundo semestre, quando a Dilma for reeleita, aí eles vão vir cheios de boas notícias para a economia brasileira!
(07/01/2014 15:18:39) CUIDADO, OGX OU OGP E OSX, É A NOVA BOLHA DO ALICATE. HJE TÁ PERDENDO 10% MAS EM BREVE CAI 30%. OS OTÁRIOS DE PLANTÃO FIQUEM ESPERTOS. AHAHAHAHAHAHAH
Adilson Brito (07/01/2014 15:25:08) Sabes que tu tem razão, infelizmente isso vai acontecer...
Roberto Mabe (07/01/2014 15:31:11) bomba ,vai ser rebaixadoa qualquer dia,maximo em 30 dia
Rafael Marques de Freitas (07/01/2014 15:39:31) Exatamente, infelizmente os casos de corrupção escancarada não foi o suficiente...
Silvia Ch (07/01/2014 15:43:22) Quando o dollar estava 1,65 nosso extraordinário ministro da fazenda dizia que o Brasil sofria pelo sucesso,pois todos investiam no mercado brasileiro e isso valorizava o real.A solução foi fácil.Bastaram 2 anos de incomPeTência explícita para que nossa moéda se desvalorizasse,nossas empresas perdessem valor de mercado e provavelmente nossa nota de credito seja rebaixada.Dilma e Mantega devem estar comemorando com Champanhe e caviar tal feito!
Salvador Vaz (07/01/2014 15:49:12) Quanto a questão do rebaixamento da nota de Rating do Brasil neste ano, está claro e cristalino que vai acontecer. Vejamos os por quês: 1- O Superávit Primário a cada ano vem se reduzindo, apesar das utilizações das ‘contabilidades criativas’. Em 2013, alcançou R$ 75 bi, graças a receitas extraordinárias de + de R$35 bi (recorde histórico) e provavelmente não se repetirá em 2014; 2- Os Estímulos Monetários concedidos pelo FED serão paulatinamemte reduzidos; 3- O REAL (R$) será desvalorizado frente ao Dólar e outras moedas ao longo de 2014, 4- A inflação tende a ficar NERVOSA neste ano. E a Taxa de Juros, necessariamente, terá de aumentar ainda + 5- A expansão Fiscal continuará forte em ano de eleição; 6- A nossa Dívida total está em franco crescimento; 7- Mais um ano de ‘Pibinho’; 8- Investimento tímido na economia, devido a provável redução dos desembolsos feitos pelo BNDES. 9- Tivemos a Bonança e o governo não soube aproveitar. Agora vem a chamada TEMPESTADE PERFEITA. Tudo isso mais alguma coisa levarão as empresas de RATING a rebaixar a nota do BRASIL (Grau de Investimento) É uma pena. Mas este é o jogo do PT. Fazer política com Populismo. Nada de austeridade para não contrariar aos aliados e a companheirada. E VIVA O BRASIL. .
Jose Vergilio Duzzi (07/01/2014 15:51:43) Este André Piedoso deve ser funcionário público ou e muito burro ou cego e surdo só uma destas coisas o pode definir.Diga aqui uma só obra de grande porte na região metropolitana cê Campinas feita pelo PT .So conheço uma mataram o Toninho pois ele ia abrir a boca no mundo.
Jose Vergilio Duzzi (07/01/2014 15:55:28) Viu André vou te dar uma ajudinha ,temos a replan de Paulinia ,nunca na história deste pais se mandou tanta gente de volta para o nordeste ,pois a Petrobras está a beira do abismo.
Visão Investimentos (07/01/2014 16:01:14) Atenção
Ricardo Vasconcelos (07/01/2014 16:02:12) Comentários dignos de uma pessoa que ou está delirando ou sofrendo de autismo, fatores que me levam a acreditar que o Sr. André Pedrosa deva ser petista.
(07/01/2014 16:19:10) O q é isso. O Mantega é fantastico. A Dilma é a competencia em pessoa. É tudo intriga da oposiçao e do Mundo!
(07/01/2014 16:25:45) O stf = globo.
Marcelo Barbarrosa (07/01/2014 16:26:19) DISCUTIR COM PETISTA É COMO JOGAR XADREZ COM POMBO.ELE VAI DERRUBAR AS PEÇAS,CAGAR NO TABULEIRO E SAIR DE PEITO ESTUFADO CANTANDO VITÓRIA.
(07/01/2014 16:26:58) enfim apareceu alguem inteligente neste site
(07/01/2014 16:28:05) A Dirminha e o Manteiga conseguiram em 3 anos acabar com tudo! Q beleza!
(07/01/2014 16:49:41) Eu não mereço este governo porque nunca votei nele e em ninguém desta merd. de partido. Só quero ver como ficará esse ano para o mercado brasileiro com o rebaixamento do rating, que inclusive se aproxima. Leiam aqui mesmo no Infomoney que hoje já saiu que o Santander está preferindo investimentos em outros países do que no Brasil. Logo estaremos vendo mais uma possível fuga maciça de recursos dos estrangeiros e a bolsa brasileira amargará mais um ano de prejuízos. Muito cuidado aos comprados.
Norton Poernbacher (07/01/2014 23:11:01) VOTE CONSCIENTE. Não votar ou votar em branco ou anular seu voto. ASSIM, VOCÊ DEIXA PARA OS OUTROS DECIDIR POR VOCÊ. Quem abdica de seus direitos, os entrega a quem pode abusar deles. VAMOS FAZER UMA GRANDE LIMPEZA DEMOCRÁTICA, PELO VOTO. Que tal não reeleger os pizzaiolos? Vamos começar por eles? VAMOS RENOVAR A MAIORIA DOS ATUAIS POLÍTICOS. Converse com vizinhos, no trabalho, na universidade, etc. Vamos começar cedo a conscientização. Compartilhe no facebook, entre nesta corrente. Copie o texto e envie por e-mail aos seus amigos. AJUDE A MUDAR O BRASIL.