BRF aponta Faria para cargo de CEO internacional

Ele ainda será encarregado pela operações da fábrica de processados de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, com operação prevista para começar no primeiro semestre de 2014
Por Reuters  
a a a

SÃO PAULO - Pedro de Andrade Faria será presidente-executivo internacional da BRF (BRFS3), reportando-se diretamente a Claudio Galeazzi, CEO Global, informou nesta quinta-feira a empresa, uma das maiores companhias de alimentos do Brasil.

Sob a responsabilidade de Faria - que atuou na gestora de recursos Tarpon, importante acionista da BRF - ficarão 19 escritórios comerciais, 11 unidades industriais, duas joint ventures e os trâmites de exportação, que envolvem mais de 120 países.

Ele ainda será encarregado pela operações da fábrica de processados de Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, com operação prevista para começar no primeiro semestre de 2014.

Faria atuou como membro do Conselho de Administração e diretoria de Relações com Investidores da Tarpon. Antes, foi sócio-diretor do Pátria Investimentos, responsável por monitoramento de portfólio de private equity.

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
Considerando as renúncias de Faria e seu suplente do Conselho de Administração da BRF, foi eleito para ocupar a posição de membro do Conselho de Administração, ad-referendum da próxima Assembleia Geral da Companhia, Simon Cheng, administrador de empresas, formado pela FGV de São Paulo, com MBA pela Harvard Business School, de Boston, segundo nota da BRF.

O executivo atuou na BCG - The Boston Consulting Group e atualmente é Investment Officer da Tarpon Investimentos.

Deixe seu comentário

(14/11/2013 21:39:03) Abilio Diniz implanta na BRF a mediocridade que era costumeira quando estava no Pão de açucar. Alta remuneração e "Perks" (vantagens) de todo tipo para ele e outros executivos do Grupo de controle. Vão sangrar a empresa de tudo quanto é jeito. Este Faria era um diretor de relações com investidores da Tarpon um em presa de gestão de investimentos, não tem nenhuma experiência industrial e comercial e vai assumir responsabilidade sobre "19 escritórios comerciais, 11 unidades industriais, duas joint ventures e trâmites de exportação que envolvem mais de 120 países" e será ainda engarregado pelas operações da nova fábrica de processados de Abu Dhabi. AMAZING!!! Alguem acredita nisso ? é evidente que outros executivos experientes irão comandar as operações. Este Faria da Tarpon que foi fundamental na tomada do comando da BRF por Abílio assume o cargo como "rainha da ingaterra" para ganhar uma grana em pagamento e os acionistas que se fodam. BRF é Venda!!!.
(14/11/2013 21:46:16) Abilio Diniz implanta na BRF a mediocridade que era costumeira quando estava no Pão de açucar. Alta remuneração e "Perks" (vantagens) de todo tipo para ele e outros executivos do Grupo de controle. Vão sangrar a empresa de tudo quanto é jeito. Este Faria era um diretor de relações com investidores da Tarpon uma empresa de gestão de investimentos, não tem nenhuma experiência industrial ou comercial e vai assumir responsabilidade sobre "19 escritórios comerciais, 11 unidades industriais, duas joint ventures e trâmites de exportação que envolvem mais de 120 países" e será ainda engarregado pelas operações da nova fábrica de processados de Abu Dhabi. AMAZING!!! Alguem acredita nisso ? é evidente que outros executivos experientes irão comandar as operações. Este Faria da Tarpon que foi fundamental na tomada do comando da BRF por Abílio assume o cargo como "rainha da ingaterra" para ganhar uma grana em pagamento e os acionistas que se fodam. BRF é Venda!!!.