Moeda na era digital
Câmbio
Fernando Urich

Bitcoin, uma solução até para problemas desconhecidos

Por Fernando Ulrich

Quando iniciei este blog, em janeiro de 2014, as poucas matérias que se encontravam em jornais, revistas e na internet eram repletas de erros crassos e primários sobre o Bitcoin. De artigos enviesados a equívocos factuais – mais desinformavam que qualquer outra coisa –, a qualidade média da cobertura midiática sobre a tecnologia era sofrível. Felizmente, isso tem mudado. Em pleno 2016, há muito mais seriedade nas reportagens sobre o Bitcoin ou o Blockchain, e a qualidade é bem superior à daqueles tempos – embora sempre haja espaço para melhora.

Leia Mais

O Whatsapp, a desobediência civil, a tecnologia e a liberdade

Por Fernando Ulrich

Tão logo o bloqueio legal foi colocado em prática pelas operadoras de celular, os brasileiros usaram a própria tecnologia – como VPNs e o Telegram – para contornar as imposições estatais. Talvez a tecnologia possa, enfim, nos proteger do estado. Esse episódio é tão emblemático que merece uma reflexão por diferentes prismas. Deixarei a parte da tecnologia para o final. Antes, tratemos da desobediência civil maciça ocorrida em escala nacional na semana que passou.

Leia Mais

A SEC aprova o blockchain para negociação de ativos

Por Fernando Ulrich

Você já pensou em comprar e vender ações em uma plataforma distinta da Bovespa, em que a liquidação é instantânea e a custódia ocorre por própria conta e risco? Será que a nossa CVM aprovaria uma emissão de ações em uma plataforma desse tipo? Hoje talvez não. Mas, no futuro, provavelmente não terá escolha e precisará acompanhar o avanço da tecnologia de negociação e registro de ativos, exatamente como está ocorrendo nos Estados Unidos. Por que afirmo isso? Simplesmente porque, nesta semana, foi confirmada a aprovação da Securities and Exchange Commission (SEC, a CVM americana) para emissão de ações da empresa Overstock a ser realizada em um “sistema de registro distribuído assegurado pela criptografia”.

Leia Mais

Por que o Uber incomoda tanta gente

Por Fernando Ulrich

Não adianta, é sempre igual: no momento em que o aplicativo Uber começa a operar em alguma cidade, a polêmica é instaurada. Os taxistas que querem proibir por se sentirem pessoalmente lesados – o que ocorre de fato – logo elevam o tom e as exigências perante as autoridades para que estes algo façam. Que se proíba. Que se coíba. Que se regulamente. Que se faça algo para impedir essa concorrência desleal, predatória e ilícita. Normalmente são esses o pleito e a justificativa de quem é contra a tecnologia. Reconheço o quão prejudicial pode ser quando novos entrantes chegam ao mercado e passam a disputar o mesmo cliente. Não há dúvidas de que a concorrência sacode o mercado e os ofertantes já estabelecidos. Mas será que isso deve fundamentar uma eventual proibição? Seria esse o caminho a seguir?

Leia Mais

Audiência Pública sobre Bitcoin na Câmara dos Deputados

Por Fernando Ulrich

Em decorrência de um requerimento do Deputado Federal Manoel Junior, foi realizada no dia 19 de novembro, em Brasília, uma Audiência Pública sobre Bitcoin na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados. Estiveram presentes o CEO da CoinBR, Rocelo Lopes, um membro do COAF (Controle de Atividades Financeiras), um representante da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) e um representante do Bacen (Banco Central do Brasil). Na semana seguinte, com o objetivo de debatermos as impressões da Audiência, a Rádio Bitcoin promoveu um Hangout, mediado pelo Fabio Anjos da RexBit, do qual eu participei junto com o próprio Rocelo, a Helena Margarido (HMO Advogados) e o Anderson Barreto Arruda (especialista em regulação), os quais estiveram presentes no evento da Câmara.

Leia Mais

1º Seminário sobre Moedas Digitais da FGV Direito SP

Por Fernando Ulrich

Nesta terça-feira, dia 24 de novembro, ocorrerá o primeiro seminário sobre moedas digitais a ser realizado da FGV Direito de São Paulo. O evento contará com a presença de grandes especialistas e empresários do setor para debater essa nascente indústria no território nacional. Evento imperdível.

Leia Mais

Como o advento do Bitcoin pode influenciar o pensamento dos Bancos Centrais

Por Fernando Ulrich

David Andolfatto, vice-presidente do Federal Reserve de Saint Louis, é um dos raros casos de um banqueiro central que conhece e aprecia a invenção de Satoshi Nakamoto. Em março de 2014, para uma plateia seleta em um evento fechado do Fed, Andolfatto fez uma apresentação bastante consistente sobre o potencial e os riscos da tecnologia do Bitcoin. Vale a pena conferir. Mas o que me traz aqui desta vez é um artigo recente de sua autoria, publicado no seu blog pessoal e intitulado “Bitcoin and Central Banking”. Nele, Andolfatto assemelha o bitcoin ao dinheiro físico, papel-moeda (cash), enumerando uma série de características que ambas as tecnologias de pagamento compartilham. “O Bitcoin é o mais próximo que temos de um cash digital”, afirma o vice-presidente do Fed. Ambos são ativos ao portador (bearer instrument) e são transacionados na forma P2P (peer-to-peer), conclui o autor. De fato, como o próprio criador o definiu no paper original, “Bitcoin é um sistema de dinheiro eletrônico P2P”.

Leia Mais

Por que Satoshi Nakamoto merece o Prêmio Nobel de Economia

Por Fernando Ulrich

“Estou trabalhando em um novo sistema de dinheiro eletrônico que é completamente peer-to-peer, sem nenhum terceiro de confiança”, anunciou um usuário desconhecido em uma lista de discussão online de criptografia, no dia 1º de novembro de 2008. Seu nome era Satoshi Nakamoto. “O paper está disponível no link http://www.bitcoin.org/bitcoin.pdf”, escreveu o autor.

Leia Mais

Pode o dólar passar de R$ 6?

Por Fernando Ulrich

Pronto. Dobramos a meta. O dólar ultrapassou a marca de R$ 4, quebrando mais um recorde no Plano Real – a maior marca de toda a história da moeda brasileira –, outro feito nada invejável do atual governo. Para muitos economistas, câmbio a R$ 4 já uma realidade difícil de mudar. Os prognósticos variam apenas na intensidade com que o dólar irá subir nos próximos meses. Há pouco mais de um mês escrevi um artigo para analisar se o dólar estava caro ou barato e até onde poderia ir. A conclusão então é a mesma que segue: o dólar já está bem subvalorizado, bem abaixo do que seria o seu valor justo, ou correto, de acordo com a teoria da paridade de poder de compra. O dólar de “equilíbrio” estaria situado ao redor de R$ 3,15.

Leia Mais

Abra: o Uber das remessas de dinheiro

Por Fernando Ulrich

De olho no vasto mercado de remessas de baixo custo, que em 2013 movimentou mais de US$ 500 bilhões, uma startup surgiu para incomodar a concorrência utilizando uma tecnologia revolucionária no seu modelo de negócios. Que tecnologia é essa? Sim, exatamente, nada menos que o Bitcoin. A Abra (A Better Remmittance App) acaba de levantar US$ 14 milhões com a Arbor Ventures, a RRE Ventures e a First Round Capital. O modelo de negócios é bastante similar ao do Uber. Inclusive, entendendo como funciona o Uber, podemos explicar facilmente como funciona a Abra.

Leia Mais

Perfil do blogueiro

Fernando Ulrich é mestre em Economia da Escola Austríaca, com experiência mundial na indústria de elevadores e nos mercados financeiro e imobiliário brasileiros. É conselheiro do Instituto Mises Brasil, estudioso de teoria monetária e entusiasta de moedas digitais. É autor do livro "Bitcoin - a moeda na era digital". ulrich@mises.org.br