QUAIS INVESTIMENTOS PRECISAM SER DECLARADOS?

IMPOSTO DE RENDA

Quem teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 ou valores não tributáveis acima de R$ 40 mil em 2020, ou ainda investiu qualquer valor na Bolsa, deve declarar o IR 2021.

Logo, todos os investimentos que você tinha em carteira em 2020 devem ser declarados.  Mas vale lembrar que, embora a declaração seja feita, isso não significa que haverá incidência de tributos sobre todas as aplicações.

A cobrança de IR varia de investimento para investimento. Alguns têm o imposto abatido na fonte (Tesouro Direto), outros são isentos (LCI) e alguns possuem regras específicas (ações e fundos imobiliários).

Assim, devem entrar na declaração:

- Poupança - Tesouro Direto - Debêntures - CDB e RDB - LCI e LCA - CRI e CRA

Investimentos em Renda Fixa:

(Saldo em conta)

- Ações - Fundos imobiliários - BDRs - ETFs

Investimentos em Renda Variável:

(Renda fixa e renda variável)

(Operações de swing trade, day trade, dividendos e juros sobre capital próprio)

- Fundos de investimentos - Previdência privada - Investimentos no exterior - Valores em criptomoedas

Também precisam ser declarados: