DICAS PARA DECLARAR FUNDOS DE INVESTIMENTO

5

IMPOSTO DE RENDA

O prazo para a Declaração do Imposto de Renda 2021 foi prorrogado para o dia 31 de maio.

Mas não é só por isso que você deve deixar a sua declaração para a última hora!

Por isso, o InfoMoney separou 5 coisas que você precisa entender para declarar os seus fundos de investimentos no IR:

1)

O saldo aplicado em fundos de investimentos deve ser declarado na ficha de “Bens e Direitos”, desde que seja superior a R$ 140 em 31/12/2020.

2)

O código de cada fundo depende da classificação dos fundos:

Código 71 – fundos de curto prazo Código 72 – fundos multimercados de longo prazo e FIDCs Código 73 – fundos de investimentos imobiliários Código 74 – fundos de ações e multimercados com exposição elevada em ações, como é o caso dos Long biased Código 79 – outros fundos

3)

É preciso saber o CNPJ do fundo e o CNPJ do administrador do fundo*

*esse dado está presente no informe de rendimentos da sua corretora

4)

Para declarar os rendimentos obtidos com os fundos é necessário preencher a ficha de “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva Definitiva”. Isso porque, na grande maioria dos casos, os rendimentos são tributados diretamente na fonte do fundo.

5)

Os rendimentos advindos de fundos de debêntures incentivados devem entrar na ficha de “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis” e no código 26 (Outros).