Em vale

Vale deve ter lucro de R$ 6,981 bilhões no 3º trimestre com venda recorde e minério mais caro

A desvalorização do real em relação ao dólar também deve contribuir positivamente para o balanço 

Vale
(Bloomberg)

SÃO PAULO - O mercado aguarda com otimismo a divulgação dos números relativos ao desempenho da Vale (VALE3) no terceiro trimestre após aumento no volume de vendas da companhia e maior preço médio do minério de ferro. O resultado será revelado após o fechamento do mercado. 

A desvalorização do real em relação ao dólar também deve contribuir positivamente para o balanço, que deve apontar lucro líquido ajustado de R$ 6,981 bilhões, de acordo com estimativa mediana da Bloomberg.

No período de julho a setembro, a moeda norte-americana saltou 4,5% e chegou a R$ 4,05, e o preço do minério de ferro avançou 5,5%, alcançando US$ 68 por tonelada. 

A XP Research destaca ainda os melhores prêmios recebidos pela mineradora no último trimestre. Os prêmios são adicionais pagos por minérios de qualidade, com alto teor de ferro e baixos percentuais de contaminantes, como a sílica.

A Vale vem adotando desde o início de 2018 a estratégia de acelerar a extração de minério em Carajás, no Pará, onde a commodity tem maior teor de ferro, a fim de atender a demanda chinesa de material de maior qualidade e menos poluente. A China intensificou seu controle em relação às emissões de poluentes desde 2016, o que também ajudou na alta do preço do minério.

Diante do ambiente positivo para a Vale, a expectativa do mercado é de crescimento de 24,4% na receita líquida na comparação com o mesmo trimestre de 2017, para R$ 35,578 bilhões, segundo mediana de estimativas colhidas pela Bloomberg. O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado deve ser de 16,123 bilhões, um crescimento de 21,7% ante o terceiro trimestre do ano passado.

Invista com a melhor assessoria do Brasil e proteja seus investidores: abra uma conta na XP com taxa ZERO para TED e manutenção de conta! 

As estimativas positivas se baseiam ainda nos dados de produção divulgados em 15 de outubro. A Vale alcançou um novo recorde de produção de finos de minério de ferro, com 104,9 Mt (milhões de toneladas), e atingindo um ritmo de produção de 400 Mtpa (milhões de toneladas métricas de minério de ferro por ano).

Isto refletiu em um novo recorde de vendas de minério de ferro e pelotas no total de 98,2 Mt, ficando 4,7 Mt acima do recorde anterior obtido no quarto trimestre de 2017. De acordo com a mineradora, a produção anual em 2018 ficará em linha com o limite superior do guidance de 50 Mt a 55 Mt. 

A mineradora divulga seu resultado trimestral nesta quarta-feira (24) após o fechamento do mercado e fará teleconferência com analistas na quinta-feira (25), às 10h (horário de Brasília) em português, e às 12h (de Brasília) em inglês. 

Confira as estimativas para o resultado da Vale: 

Dados em milhões (R$) 3T18E* 3T17 3T18E/3T17
Receita líquida  35.578 28.600 +24,4%
Ebitda ajustado 16.123 13.250 +21,7%
Lucro líquido ajustado 6.981 7.143 -2,27%
Lucro operacional 11.940 9.526 +26,3%
Margem Ebitda 45,32% 35,17% + 10,15 pp

*Mediana das estimativas da Bloomberg

 

Contato