Em vale

Quem investiu R$ 1.000 em opções de Vale pode ter lucrado R$ 9.000 em 2 dias

No período, as ações da mineradora dispararam quase 20% na Bolsa entre minério de ferro e relatório de produção

Vale Rio de Janeiro 2 - mineração - logística
(Agência Vale)

SÃO PAULO - Em apenas dois dias, opções de compra da Vale (VALE3; VALE5) - que eram cotadas a poucos centavos - chegaram a disparar 900% em meio à euforia gerada em torno da divulgação do relatório de produção da mineradora do primeiro trimestre e alta do preço do minério de ferro na China, principal produto da companhia. Um movimento que pode ter enriquecido muitos traders.

Quem conseguiu antever e aproveitar o movimento pode ter lucrado muito nesse período. No caso dos contratos VALEE48, um dos mais líquidos com vencimento em 18 de maio (sempre na terceira segunda-feira do mês), fecharam o pregão de segunda-feira a apenas R$ 0,05. Hoje, encerraram cotados a R$ 0,50. O investidor que montou uma posição de R$ 1.000 no dia 20 e encerrou a posição nesta quinta-feira pode ter lucrado R$ 9.000 sem considerar os custos da operação - um ganho de 900%. Essas opções têm preço de exercício em R$ 18,34.

Mas não foram apenas esses contratos que subiram bem nesses dias. Replicando o movimento das ações, as opções VALEE47, VALEE46, VALEE18 e VALEE17 dispararam 654%, 475%, 711% e 590%, respectivamente, a R$ 0,92, R$ 1,55, R$ 0,66 e R$ 1,25. O preço de exercício de cada é de R$ 17,34, R$ 16,34, R$ 17,84 e R$ 16,84. 

Como o valor de face desses contratos é muito baixo eles tendem a se valorizar muito mais do que a ação que o deriva já que uma variação de R$ 0,10 em uma opção que vale R$ 0,50, por exemplo, corresponde a uma alta de 20% enquanto em uma ação cotada a R$ 15,00 significa um leve ganho de 0,67%. 

No mesmo período na Bolsa, as ações ordinárias da Vale saltaram 18,8%, a R$ 21,09, enquanto as preferenciais subiram 16,9%, a R$ 17,54. Somente hoje esses papéis sobem 8,43% e 6,56%, respectivamente. 

Para o analista Ricardo Kim, da XP Investimentos, o movimento da Vale na Bolsa deve-se a produção de minério de ferro, que foi forte no período, com destaque para o complexo de Carajás, no Pará, que cresceu 17,8% na comparação do trimestre de 2015 e 2014, o que puxou a produção da commodity total no período. Apesar do bom resultado, a corretora continua não recomendando exposição no ativo. "A Vale está aumentando sua produção, o que em condições de preços elevadas seria bom, mas devemos continuar vendo os preços do minério em patamares muito baixos porque vemos aumento de capacidade não apenas da Vale, mas um aumento de capacidade global enquanto seu grande consumidor, a China, está desacelerando", disse Kim. 

O que é uma opção?
A opção é um derivativo negociado na Bolsa de Valores. E como qualquer derivativo, seu preço "deriva" da oscilação do ativo ao qual ela se lastreia - no caso de uma opção de ação, o contrato varia de acordo com as oscilações desta ação na Bovespa.

Quem compra uma opção está adquirindo o "direito" de comprar ou vender alguma ação; já quem vende a opção tem a obrigação de atender a exigência daquele que comprou o contrato. Ou seja: se você vendeu uma opção de compra e essa opção for exercida, você terá que vender essa ação ao detentor da opção pelo preço estabelecido; se você vendeu uma opção de venda e ela for exercida, você terá que comprar esta ação ao preço estabelecido. 

Existem dois tipos de opções: de compra (call) e de venda (put). Quando um investidor compra uma "call", ele está adquirindo o direito de comprar uma determinada ação a um preço já estabelecido (que é preço de exercício, ou "strike") até um dia de vencimento já firmado. Para o investidor que compra uma "put", ele está adquirindo o direito de vender uma ação até um dia determinado a um valor já estabelecido.

As opções podem ser negociadas durante o pregão regular da Bovespa (das 10h às 17h). Importante: você não pode negociar opções no dia que elas vão vencer. As opções com vencimento no mês vigente só podem ser negociadas até um dia antes do exercício.

Para saber mais sobre opções, clique aqui. 

 

Contato