Em vale

2013 vai ser o ano em que a Vale se tornou mais competitiva, ressalta diretor

Impactado pelo Refis, os números da companhia deveriam ser muito positivos se não houvesse fatores não recorrentes

Sede da Vale, no Rio de Janeiro (agosto/11)
(Agência Vale)

SÃO PAULO - Após a Vale (VALE3; VALE5) registrar um prejuízo de R$ 14,86 bilhões no último trimestre de 2013, Luciano Siani, diretor-executivo de Finanças e Relações com Investidores, ressaltou a "solidez" dos números. Impactado pelo Refis, os números deveriam ser muito positivos se não houvesse fatores não recorrentes.

Para Siani, esses números "surpreendem a maioria dos observadores e demonstram a robustez da Vale em absorver impactos". Ele destaca principal a redução dos custos e o avanço do Ebitda (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), ajudado pelo desempenho de vários segmentos. "2013 vai ser o ano que a empresa se tornou mais competitiva", completa. 

Para ver a explicação do resultado por Siani, clique aqui

 

Contato