Em ultimas-noticias

Conta de telefone: será que você anda gastando demais?

Economizar nas ligações interurbanas ou para celulares é um bom começo para reduzir a conta de telefone; veja quando as tarifas são mais baratas

v class="show-for-large id-0 cm-clear float-left cm-mg-40-r cm-mg-20-b" data-show="desktop" data-widgetid="0" style="">
SÃO PAULO - Todo final do mês você faz as mesmas promessas: "vou ser mais econômico em relação aos meus gastos!" Que tal colocar em prática seus planos? Comece por um dos gastos que certamente pesa, e muito, no orçamento de qualquer família: a conta de telefone.

A febre da internet, que se instalou no País há alguns anos, certamente contribuiu para aumentar os gastos da maioria dos consumidores com telefone. Afinal, o tempo que você fica navegando na rede é cobrado de acordo com os pulsos realizados, ou seja, acompanha o mesmo esquema de tarifação para as chamadas locais para telefones fixos.

Por esta razão é que é cada vez maior o número dos usuários banda larga, cuja economia na conta é inegável para quem navega com freqüência na rede.

Outro fator que influencia, e muito, no valor da conta, é o celular. Dificilmente conhecemos alguém que não tenha seu próprio aparelho. Mas o comodismo para encontrar a pessoa a qualquer hora do dia custa muito mais caro do que se você esperasse um pouco mais até que ela chegasse ao trabalho ou em casa, ligando, portanto, para um telefone fixo.

Controlando o orçamento
Como sempre acontece quando o assunto é o seu bolso, a melhor recomendação é pesquisar. Por que não ficar de olho nas promoções e comparar as tarifas cobradas por cada operadora, e com isto dar uma folga ao seu orçamento?

Se você é daqueles que gosta de um bom papo ao telefone, ou então fica horas navegando na internet, fique atento aos horários das chamadas. Em geral, há horários específicos em que a tarifa é mais baixa para as ligações locais, como entre 0h e 6h, de segunda a sexta-feira; após as 14h, aos sábados; e durante todo o dia, aos domingos e feriados.

Se você não possui internet banda larga, páre e pense: navegar horas e horas pela internet realmente é necessário para você? Caso você não tenha urgência nos assuntos a serem tratados pela rede, deixe para usar a internet aos domingos e feriados, por exemplo, pois pagará muito pouco, independente da duração da ligação. Nos horários de pico, durante a semana, o custo varia de acordo com o tempo de uso.

Celular é o grande vilão
Embora as ligações locais sejam inevitáveis, o mesmo não acontece com as chamadas para celulares, que devem ser feitas para casos de maior urgência, ou quando a ligação for durar pouco tempo, de preferência fora dos horários de pico.

A maioria dos consumidores prefere a comodidade dos aparelhos celulares, contudo, se esquecem que as tarifas cobradas são bastante altas, e isso acaba pesando no bolso. O forte crescimento destes aparelhos entre os consumidores faz com que você gaste mais, pois inevitavelmente acabará ligando para alguém que tem um telefone celular, uma vez que as linhas fixas estão ficando cada vez mais escassas!

Simule suas ligações
Se você está pensando em fazer uma ligação de longa duração para fora de sua cidade, saiba que no site da Anatel é possível simular o valor das chamadas.

Para isto, basta que você preencha os campos com dados do tipo: horário da chamada, local de origem e destino da ligação e dia da semana escolhido. Feito isto, você terá acesso às tarifas das operadoras de sua região já com os impostos inclusos.

 

Contato