Em ultimas-noticias

Aprenda a economizar água para salvar o planeta e o seu bolso!

Nas grandes cidades, o consumo diário per capita chega a 500 litros, o que pode ocasionar grave crise de abastecimento

v class="show-for-large id-0 cm-clear float-left cm-mg-40-r cm-mg-20-b" data-show="desktop" data-widgetid="0" style="">
SÃO PAULO - A água, considerada o "petróleo" do futuro, já é motivo de guerras entre povos. O Brasil ainda é um dos poucos países que não sofrem com o racionamento constante do bem. No entanto, mesmo com a gravidade da situação, é comum encontrarmos pessoas esbanjando água por aí.

O planeta Terra tem dois terços de água em sua constituição. Porém, a quantidade disponível para o consumo direto é de apenas 0,03% do volume total. Para agravar a situação, todos os organismos vivos precisam de água para sobreviver.

Por isso, é preciso se conscientizar e economizar água. Nas grandes cidades, o consumo diário per capita chega a 500 litros, o que certamente ocasionará uma grave crise de recursos hídricos em apenas duas décadas.

Pequenas mudanças
Algumas mudanças simples em seu dia-a-dia, sugeridas pela Pro Teste - Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, ajudam a diminuir o desperdício de água e impedem o agravamento da crise que nos assombra. Além do mais, diminuindo o consumo, a conta de água no fim do mês vem com uma aparência mais agradável.
  • Aproveite, para a lavagem do quintal ou como substituta à descarga, a água usada para lavar roupas;

  • Tome banhos curtos e evite o uso de banheiras, que são grandes vilãs do desperdício;

  • Feche a torneira enquanto se ensaboa, escova os dentes ou se barbeia. O mesmo serve durante a lavagem de roupas e louças

  • Use as máquinas de lavar roupa apenas com a capacidade máxima preenchida e dispense a pré-lavagem quando possível;

  • Limpe o quintal e a calçada com a vassoura e só use água (reutilizada de preferência) para finalizar;

  • Não lave o carro sem necessidade e use um balde para fazê-lo, nunca a mangueira;

  • Não demore a consertar vazamentos e torneiras que pingam;

  • Avise à companhia de distribuição de águas da cidade sobre qualquer vazamento nas ruas;

  • Prefira válvulas de descarga acopladas no lugar das válvulas de pressão; a economia é de mais de 10 litros a cada descarga;

  • Instale um redutor de fluxo de água em todas as torneiras da casa e também no chuveiro.

 

Contato