Stock Pickers

Sorria, o dólar não para de subir

Podcast

Quase toda semana falamos que este episódio é especial, e você caro ouvinte e leitor, já não deve creditar mais nisso. Mas nesse caso também é realidade.

Começamos nesta semana algo diferente, mas que vamos fazer sempre: o Macro Pickers.

Depois de 40 episódios você já deve ter entendido que a macroeconomia e seus indicadores são importantes para nossos stock pickers. Se eles estão sempre falando de PIB, Selic, curva de juros, é por que isso isso pesa, e muito, nas teses de investimentos em ações.

Por isso, pela primeira vez na história tivemos um episódio 100% macro, que na verdade inaugura nossa nova séria Macro Pickers, que deve ser mensal. Trouxemos dois “dinossauros” desse mercado: Mário Torós, que teve uma longa carreira no Santander, foi diretor do Banco Central e hoje é gestor na Ibiúna.

Completando a mesa, Júlio Fernandes, que tem 25 anos de mercado 13 no lendário BBM (spoiler alert) e gestor do XP Macro, desde 2016.

Eles deram uma verdadeira aula sobre os novos patamares do câmbio e sobre dois fatos que o Brasil está começando se acostumar: o dólar em alta, agora, não é uma má notícia; e o dólar em alta não quer mais dizer que a Bolsa vai cair.

É claro que, numa mesa cheia de macros, a Selic não deixaria de ser assunto. Os dois explicaram porque a taxa tende a permanecer baixa por mais tempo e por que é possível ainda ganhar dinheiro com ela.

E já que eles são macros, mas a casa é de stock pickers, não escaparam de dar também suas opiniões sobre a o que vai acontecer com a Bolsa: para Júlio, ainda dá para ganhar dinheiro, mas Torós não está tão otimista. É só ouvir para entender.

Apresentado por Thiago Salomão, analista da Rico Investimentos, e Renato Santiago, do InfoMoney, o Stock Pickers vai ao ar toda quinta-feira. Você pode seguir e escutar pelo Spotify, Spreaker, Deezer, iTunes e Google Podcasts.