Stock Pickers

André Fatala e a transformação que multiplicou o Magalu por 700

CTO do Magazine Luiza explica um dos maiores processos de turnaround que a Bolsa brasileira já viu.

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

Nos últimos cinco anos, as ações do Magazine Luiza subiram 70.000%. Não é surpresa, portanto, que não faltem na Faria Lima e no Leblon gestores apaixonados pela empresa e pelo papel.

Nas nossas conversas com eles ouvimos quase sempre que a chave desta alta estava na transformação digital que a empresa viveu entre os seus dificílimos momentos de 2011 e hoje.

O principal personagem por trás dessa transformação é André Fatala. Atual CTO (Chief Technology Officer) da empresa, Fatala não se encaixa muito no padrão de diretores com os quais a turma do Condado está acostumada a lidar.

Aos 38 anos de idade, ele conta que se veste mais ou menos como o Seu Madruga: camiseta preta e calça jeans. Todos os dias. E que durante uma das apresentações para investidores, houve quem estranhasse. “Me perguntaram por que eu me visto desse jeito”, conta Fatala.

O modo de vestir de um CTO é (ou deveria ser) irrelevante para a apresentação que antecede um follow-on e também é para o Stock Pickers. Por isso, é óbvio, tomamos o tempo do Fatala para falar não sobre isso, mas sobre a transformação digital que o Magazine Luiza viveu e como ela ajudou a empresa a ser o que é hoje.

Como a tecnologia conseguiu fazer de uma empresa com sérias dificuldades financeiras a queridinha da Faria Lima? Como uma rede do interior conseguiu se tornou a melhor empresa do e-commerce brasileiro? André Fatala responde a tudo isso no episódio desta semana do Stock Pickers. Para ouvir, é só apertar o play acima.