Stock Pickers

Ace Capital: é só o Brasil não fazer “gol contra” que as coisas darão certo

Para Ricardo Denadai, Brasil tem que aproveitar que foi agraciado com essa disparada das commodities e com o menor da segunda onda de Covid

(CONDADO DA FARIA LIMA) – Alta desenfreada em quase todas as commodities, valorização do dólar (o que favorece os termos de troca do Brasil), impactos menores que o esperado da segunda onda de Covid e retomada das economias desenvolvidas sinalizando que o “final do filme” aqui deve ser bom… essa somatória de fatores pode ser resumida em uma simples frase: Brasil deu muita sorte neste ano. Agora, é só não fazer besteira.

Essa é a avaliação do Ricardo Denadai, economista-chefe da Ace Capital, que conversou conosco no Coffee & Stocks Macro desta quarta-feira (14).

“É só os jogadores levantarem a mão e não se mexerem porque a bola está indo pro gol. O problema é que os caras [o governo] têm uma tentação enorme de dar uma bicuda na bola para arquibancada ou até pegar a bola e fazer gol contra. Esse é o principal risco que temos hoje, mas de fato, temos um enorme alinhamento de astros favorável”, resume Denadai.

Isso se traduz nas posições do fundo da casa: no começo do ano, cerca de 80% da exposição do multimercado Ace Capital FIC FIM estava em ativos internacionais e os quase 20% restantes em ativos brasileiros; hoje, a proporção se inverteu – 75%/80% em Brasil, 20%/25% offshore.

Confira o papo completo no vídeo acima ou direto em nosso canal no Youtube (link aqui).

Sobre o Coffee & Stocks
O Coffee & Stocks é o programa de entrevistas do Stock Pickers transmitido de segunda a sexta, sempre das 8h às 8h30 ao vivo no Youtube. Cada dia da semana, um tema diferente:

Segunda = trading e análise técnica (apresentação: Rafael Ribeiro, da Clear Corretora)
Terça = ações globais (apresentação: Jennie Li, da XP)
Quarta = macroeconomia (apresentação: Thiago Salomão, do Stock Pickers)
Quinta = ações brasileiras (apresentação: Renato Santiago, do Stock Pickers)
Sexta = tema livre (apresentação: Betina Roxo e time da Rico Investimentos)