Em randonpart

Lucro da Randon cai 79,5% no 3° tri, ficando bem abaixo do esperado

Receita líquida também ficou aquém da expectativa dos analistas e registra R$ 877,4 milhões no período

Randon - Funcionário e cliente
(Divulgação Randon)

SÃO PAULO - A Randon (RAPT4) divulgou nesta segunda-feira (12) seu resultado referente ao terceiro trimestre. A empresa mostrou receita líquida consolidada de R$ 877,4 milhões, ficando 18% abaixo do mesmo período do ano passado, enquanto o lucro líquido consolidado passou de R$ 62,94 milhões para R$ 12,92 milhões, queda de 79,5%. Ambos ficaram abaixo das expectativas dos analistas compiladas pelo InfoMoney, que apontavam receita e lucro de R$ 879 milhões e R$ 15,5 milhões, respectivamente. 

Durante os meses de julho e setembro, a empresa reportou Ebitda (juros antes de impostos, juros, depreciação e amortização) de R$ 79,4, queda de 41,6% na comparação anual, e margem Ebitda (Ebitda/Receita Líquida) de 9,1%, representando recuo de 3,7 pontos percentuais. Esses números, por sua vez, vieram ligeiramente acima das projeções dos especialistas, que sugiriam Ebitda e margem Ebitda de R$ 78 milhões e 8,9%, nesta ordem. 

Em comunicado, a empresa comunica que o resultado apurado no 3° trimestre marca a retomada, ainda que tímida, do crescimento da atividade econômica no Brasil e reforçam o sentimento de melhoria gradual no ritmo de investimentos, comprovado pelo aumento do influxo de pedidos à companhia. 

No cenário internacional, contudo, a empresa informa que as incertezas permanecem, e, sob uma configuração aparentemente menos agressiva, compõe um ambiente de longa e difícil recuperação. 

Além disso, a Randon comenta que o mercado de caminhões, que impacta a companhia em sua divisão de autopeças, continua pressionado, ainda em busca de um ponto de equilíbrio entre demanda e estoques.

Em redução de 39,6% no acumulado de 2012, a produção de caminhões, até o final do terceiro trimestre, ainda não refletiu o somatório de medidas adotadas para incentivar vendas e seu impacto deve ser sentido de forma mais significativa apenas no próximo ano, reforça a empresa.

 

Contato