Em raiadrogasil

Raia Drogasil anuncia compra da rede de farmácias Onofre

Com a confirmação do negócio, a americana CVS, que controlava a Onofre, deixa suas operações no Brasil

Onofre Megastore- Paulista
(divulgação)

SÃO PAULO - A RD, ex-Raia Drogasil (RADL3), anunciou na noite desta terça-feira (26) a aquisição da rede de farmácias Onofre. Com a confirmação do negócio, a americana CVS, que controlava a Onofre, deixa suas operações no Brasil.

Por ter ficado abaixo dos parâmetros exigidos pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), a empresa não divulgou o valor da transação.

Segundo o jornal o Estado de S. Paulo, as conversas entre RD e a CVS começaram pouco antes do natal e a companhia americana chegou a oferecer a Onofre para outras empresas brasileiras e fundos. A publicação destaca ainda que a Onofre não era mais estratégica para a CVS por operar no vermelho.

Em fato relevante, a RD disse que a Onofre registrou receita bruta de R$ 479,4 milhões em 2018 e possui atualmente um total de 50 lojas, sendo 47 no estado de São Paulo, duas no Rio de Janeiro e uma em Minas Gerais.

Em comunicado, a Raia disse que, após analisar o acordo, entendeu que a consumação do acordo não dependerá de deliberação da Assembleia Geral da Companhia. Por outro lado, o negócio precisará ser aprovado pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Segundo o presidente da RD, Marcílio Pousada, explicou que ainda não definiu se vai manter ou não a marca Onofre, mas ressaltou que a operação é estratégica para incrementar o negócio de e-commerce da rede, que tem quase 2 mil lojas no País.

As ações RADL3 chamaram atenção do mercado nesta terça, chegando a subir 5,46% na máxima do dia, a R$ 62,22, mas perdendo um pouco de força e fechando com valorização de 3,28%, cotada a R$ 60,94. A companhia divulga seu resultado do quarto trimestre de 2018 ainda nesta noite.

Quer investir melhor o seu dinheiro? Clique aqui e abra a sua conta na XP Investimentos

 

Contato